“A partir de agora podemos competir de igual para igual”

Folha do Centro - “A partir de agora podemos competir de igual para igual”

Lagares da Beira inaugurou novo relvado sintético, naquela que constitui a primeira fase da requalificação do campo de futebol.

Folha do Centro - “A partir de agora podemos competir de igual para igual”

O concelho de Oliveira do Hospital dispõe agora de um novo relvado sintético. Depois de Nogueira do Cravo, há quatro anos, Lagares da Beira foi a segunda freguesia a ser contemplada com um investimento deste género e a ver melhoradas as suas infra estruturas desportivas. Um “momento há muito esperado” pelo clube e pelos seus dirigentes, que recordaram o “esforço”quase nos “limites” de jogadores e equipa técnica no sentido do Lagares da Beira se manter com uma boa prestação nos últimos anos nos campeonatos distritais.
“A partir deste momento podemos competir de igual para igual, porque estamos dotados de outras condições que até aqui não existiam”, afirmou na cerimónia de inauguração o presidente da direção da Associação Desportiva de Lagares da Beira, dando conta de todas as dificuldades e limitações que passaram para chegar até aqui. “Nestes últimos anos, essencialmente desde setembro de 2010” passámos um pouco de tudo, já na presente época andámos com a casa as costas, treinámos em quatro campos diferentes sempre debaixo de chuva e frio, mas aguentámos tudo e demonstrámos as nossas capacidades”, relatou Norberto Santos dizendo agora sentir-se no dever de “dar resposta ao local onde estamos” e “fazer constar no mapa do distrito o nome desta instituição, desta vila e do concelho”.
Um dia especial assinalado pelo presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, que se mostrou “particularmente feliz por cumprir aquilo que prometeu aos lagarenses”. José Carlos Alexandrino lembrou até que, apesar desta ser uma promessa de todas as forças políticas que se candidataram à Câmara Municipal, na hora de aprovarem o projeto votaram contra a construção do relvado sintético de Lagares da Beira. “Isto não é sério, isto não é fazer política”, afirmou o edil, para quem este investimento não pretende ser um reconhecimento ao passado do Lagares da Beira, mas sim um investimento pensar nas gerações futuras. “Será melhor estes miúdos sentirem atração pelo desporto ou pelas drogas e pelo álcool, todos sabemos a resposta: o desporto é uma grande escola que ajuda a educar, porque os clubes fazem um grande trabalho na formação dos nossos jovens”. “Esta obra está cá, já ninguém a tira” afirmou ainda o autarca em jeito de resposta aos mais céticos, aproveitando para anunciar um terceiro relvado no concelho, a construir no municipal de Oliveira do Hospital, já que, segundo o autarca, o FCOH joga hoje “num batatal”.
Um dia marcante também para o presidente da Junta de Freguesia de Lagares da Beira, Raul Costa, que se congratula com aquele que considera ser “o maior investimento alguma vez feito na sua freguesia”. “Este investimento é a prova clara que nem todos os políticos são iguais”, disse o autarca, julgando que esta é uma obra que não vai servir apenas Lagares da Beira, mas todos os grupos desportivos do concelho, que podem a partir de agora tirar o máximo de rentabilidade deste espaço.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.