Aldeias de Xisto abrem nona loja em Aldeia das Dez

Folha do Centro - Aldeias de Xisto abrem nona loja em Aldeia das Dez

Freguesia tem agora disponível um espaço para a divulgação turística e de produtos locais de qualidade.

É a nona loja da Rede de Aldeias do Xisto a abrir portas numa aldeia serrana, e situa-se precisamente em Aldeia das Dez que, desde o passado fim de semana, tem disponível um espaço físico para a divulgação turística e promoção de produtos de artesanato e agro alimentares de excelência.

A loja vai funcionar num espaço recuperado pela Câmara Municipal em pleno centro de Aldeia das Dez, também conhecido como a casa do “S”, prometendo, segundo o presidente da Junta de Freguesia, Carlos Castanheira dar “ainda mais visibilidade às belezas naturais e paisagísticas da freguesia”.

Também o presidente da Rede de Aldeias do Xisto, Paulo Fernando entende que o enquadramento paisagístico de Aldeia das Dez a torna uma aldeia “especial” e “ímpar”, motivo pelo qual foi escolhida para receber a nona loja da rede, num conjunto de 27 aldeias espalhadas por um vasto território constituído por 18 municípios. “Temos um total de 18 lojas, algumas fora do território, em Lisboa, e outras em parceria com unidades hoteleiras de forma a fazer a melhor divulgação dos produtos, temos produtos muito selecionados, temos os melhores artesãos, temos produtos agro alimentares de primeira linha”, afirmou o presidente das Aldeias do Xisto.

Uma “marca” a que o Município de Oliveira do Hospital se associou percebendo que “estava perante uma rede que era uma mais valia para a afirmação e posicionamento do concelho relativamente aquilo que são as melhores práticas em termos de turismo natureza e de valorização económica dos recursos endógenos”, considerou Paulo Fernando, desafiando os agentes económicos locais a colocarem “aqui os seus produtos”. “Não tenho dúvidas que há saberes e conhecimentos que precisam de um pequeno incentivo para entrar no portefólio destas lojas, este é também um convite para os produtos que são aqui feitos possam contribuir para o cabaz de produtos vendidos nas lojas da rede”, advertiu aquele responsável, que se referiu ainda à mais valia para as Aldeias do Xisto que constituiu a integração de duas praias fluviais do concelho – Avô e Alvoco, cujos recursos “vamos continuar a valorizar”, garantiu. (leia mais na edição impressa)

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.