Alexandrino congratula-se com apoio de 85% às empresas afetadas pelos incêndios de outubro

COMUNICADO PCMOH

Autarca atribui decisão do Governo à luta travada “desde a primeira hora” pelo Município.

O presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, congratulou-se com a resolução do Conselho de Ministros que, no passado dia 5, decidiu que todas as empresas afetadas pelos trágicos incêndios dos dias 15 e 16 de Outubro de 2017, vão beneficiar de um apoio público à Reposição da Competitividade e Capacidades Produtivas de 85 por cento. Num comunicado enviado à imprensa, o autarca entende que esta decisão “significa que valeu a pena toda a luta que travámos, desde a primeira hora, junto do Senhor Primeiro-Ministro de Portugal, Dr. António Costa, e do Senhor Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Dr. Pedro Marques, para que as empresas do Município de Oliveira do Hospital afetadas pelos incêndios tivessem acesso – independentemente do montante dos prejuízos apurados – ao mesmo tipo de apoio concedido às empresas afetadas pelos incêndios que ocorreram noutras zonas do país, em Junho de 2017”

“Esta nossa reivindicação, que mereceu agora a concordância do Governo, foi apresentada ao Senhor Primeiro-Ministro e ao Senhor Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, aquando da visita daqueles governantes a Oliveira do Hospital, porque os nossos empresários não podiam ser alvo de qualquer tipo de discriminação ao nível dos apoios concedidos ao abrigo do Sistema de Apoio à Reposição da Competitividade e Capacidades Produtivas”, recorda Alexandrino, não deixando ainda de registar, “com grande apreço”, o “importante apoio político por parte do Senhor Presidente da República, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, que nas suas visitas a Oliveira do Hospital, se posicionou sempre como um aliado para a reposição da justiça ao nível dos apoios do Estado”.

Por último, o edil oliveirense enaltece também “o importante papel que a Senhora Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Professora Ana Abrunhosa, desempenhou em todo este processo”, bem como “todo o esforço que, com a sua equipa, vem desenvolvendo para que a reposição da competitividade e capacidades produtivas das nossas empresas sejam repostas com a maior celeridade possível”.

“Da parte do Executivo Camarário a que tenho a honra de presidir, os Oliveirenses sabem que, desde o primeiro dia, tudo temos feito – e continuaremos a fazer – para tentar promover o regresso à normalidade num concelho que recentemente viveu os dias mais trágicos da sua história”, refere o presidente do Município, ao mesmo tempo que promete tudo fazer para “resolver as situações de cidadãos, pequenos agricultores, empresários industriais ou agrícolas, afetados pelos incêndios, que tenham ainda processos pendentes”.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.