Alexandrino anuncia candidatura com compromisso do IC6 ser construído

Folha do Centro - Alexandrino é candidato ao “tri”

Autarca de Oliveira do Hospital confirma recandidatura à Câmara Municipal, uma vez que “estão reunidas todas as condições para IC6 avançar”.

O presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, anunciou publicamente a sua recandidatura às eleições do próximo dia 1 de outubro, entendendo, neste momento, estarem reunidas todas as condições para avançar para um terceiro mandato.

O autarca referia-se nomeadamente à requalificação da EN17, que já está consignada, e à concretização do IC6 até ao nó de Folhadosa, que “pela primeira tem condições para avançar, uma vez que o Governo já se comprometeu a investir 38 milhões de euros na sua construção”. “Esta era a condição fundamental e essencial para a possibilidade da minha recandidatura. Sou um homem de palavra e como considero que estão reunidas as condições da construção do IC6 não poderia voltar com a minha palavra atrás”, garantiu o autarca, que se fez acompanhar, nesta apresentação, da sua equipa de vereadores, os mesmos que o acompanharão, segundo garantiu, “nestes próximos quatros anos à frente dos destinos da Câmara Municipal”.

Apesar de ter afirmado que só tornava pública a sua recandidatura com a vinda do Primeiro Ministro ao concelho, Alexandrino explicou ontem que foi levado a antecipar a decisão tendo em conta aquilo que é o compromisso assumido pelo Governo, mas também a “instabilidade” dos oliveirenses que queriam ver confirmada a sua recandidatura. “E por isso entendi que estão reunidas todas as condições para que façamos um novo mandato”, referiu, lembrando os inúmeros apelos que vinha recebendo dos oliveirenses para que fosse “recandidato”. “Não podia ignorar esses apelos de presidentes de Junta, de diretores de clubes, de diretores de associações, de diretores de IPSS’s, de gente anónima, de muitos oliveirenses anónimos, daqueles que não têm voz, e que se revêm na forma de fazer política do meu executivo”, afirmou, não escondendo que decidiu mais com o “coração” do que com “racionalidade”.

Lembrando as grandes lutas que travou nos últimos anos, em áreas como a educação, justiça, saúde e acessibilidades, Alexandrino espera o reconhecimento desse trabalho nas urnas, traçando como objetivo o reforço da votação do PS no próximo dia 1 de outubro. “Acreditamos que podemos melhorar essa votação depois destes quatro anos e do trabalho incansável que fizemos e com certeza que o povo vai reconhecer isso nas urnas”, afirmou, acreditando que neste momento o principal partido da oposição, o PSD, “está em piores condições” que há quatro anos para disputar umas eleições autárquicas no concelho. “Aquilo que eu sinto hoje, até por esses apelos para eu me recandidatar, é que há esse reconhecimento público do nosso trabalho, eu espero que seja traduzido nas urnas”, reafirmou, garantindo uma campanha apostada na discussão de projetos e menos em pessoas.

“Não faremos uma discussão de politiquice de pessoas que não estamos cá para isso”, assegurou, apontando como grande “desígnio” do concelho nos próximos quatro anos, o desenvolvimento económico. “Uma das novas apostas e um novo paradigma que tem de se vencer vai ser o desenvolvimento económico e a criação de um conjunto de condições que nos ajudem a fixar a nossa população jovem”, afirmou o autarca, aludindo ao projeto de ampliação da Zona Industrial da cidade, cujas sementes já estão “lançadas”, e que “certamente nos vai permitir atrair novos investimentos capazes de gerar emprego e riqueza”.

Com a mesma esperança com que foi eleito pela primeira vez em 2009, como já havia afirmado no dia da sessão solene do 25 de Abril, mas com novos e diferentes desafios pela frente, como a requalificação da zona histórica da cidade, Alexandrino confirma assim a candidatura a um terceiro e último mandato, convicto de que os oliveirenses vão saber reconhecer, no próximo dia 1 de outubro, o dinamismo e a luta travada nestes últimos anos pelos executivos do PS.

Ao lado do candidato, neste anúncio público, o presidente da Concelhia do PS, Carlos Maia, não escondia a satisfação pela “disponibilidade” manifestada por José Carlos Alexandrino, estando certo que esta é uma candidatura “ganhadora” em Oliveira do Hospital.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.