Aluno da EPTOLIVA representa Portugal em Mostra Internacional de Ciência no Brasil

Eptoliva aluno Brasil1

É já na próxima semana, entre 22 a 25 de outubro que se realiza mais uma edição da MOSTRATEC – Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia, em Novo Hamburgo, no Brasil. Promovido pela Fundação Liberato, a Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia conta, este ano, com a participação de cerca de 752 projetos do Brasil e de vários países, entre os quais se encontra Portugal.

A representar Portugal estará o Rodrigo Carvalho, aluno da EPTOLIVA – Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil, que se destacou na 12ª Mostra Nacional de Ciência, promovida pela Fundação da Juventude, no passado mês de Maio, no Porto, com o projeto intitulado “BEMBIBER: Requalificação dos Subprodutos das Queijarias”.

O Gin obtido a partir de soro de leite da ovelha bordaleira, idealizado por Rodrigo Carvalho e orientado pela docente Honorata Pereira, consiste no aproveitamento do soro resultante da produção do queijo, que é libertado como efluente em cursos de água, provocando a poluição e a contaminação das águas. Segundo este jovem investigador, todos os subprodutos resultantes da produção deste Gin são agora reaproveitados e transformados em produtos com valor económico, como é o caso da manteiga e do sal com aroma a queijo.

Para Daniel Costa, Presidente da ADEPTOLIVA, «a participação da EPTOLIVA na MOSTRATEC é um orgulho, não só para toda a Comunidade Educativa, como para a Região e para o País», confirmando que «esta é mais uma prova real que a EPTOLIVA é hoje um exemplo de uma formação que integra os desafios de um Portugal moderno e preparado para um futuro científico e tecnicamente sustentável». Daniel Costa, reforça ainda, a importância da estratégia que a EPTOLIVA tem vindo a afirmar no ensino das ciências, empreendedorismo e inovação, cuja participação neste tipo de certames, tem vindo a estimular uma aprendizagem mais prática e orientada ao desenvolvimento de projetos inovadores e multidisciplinares que potenciam valor económico e social, «sendo hoje uma Escola modelo na forma de trabalhar, participar e ser premiada em Concursos Nacionais e Internacionais de Ciência e Inovação».

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.