António Costa vem sábado a Oliveira do Hospital

Folha do Centro - António Costa vem sábado a Oliveira do Hospital

Primeiro Ministro desloca-se ainda aos concelhos de Góis, Tábua e Carregal do Sal.

O Primeiro-Ministro desloca-se, este sábado, a Oliveira do Hospital, confirmando-se assim a prometida visita ao concelho oliveirense, que chegou a estar anunciada para o passado mês de março e depois para meados deste mês.

Convidado ainda durante o mês de março, pelo presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, a realizar uma visita oficial ao concelho, o gabinete de António Costa confirma agora a deslocação ao alto distrito de Coimbra, no próximo dia 27, onde tem ainda prevista uma visita aos concelhos de Góis, Tábua e Carregal do Sal, no distrito de Viseu.

O chefe de Governo começa a visita em Góis, onde deverá chegar pelas 10h00, para participar na colocação da primeira pedra de um pavilhão para os funcionários externos daquela autarquia. De seguida, a comitiva desloca-se para o concelho de Carregal do Sal, onde António Costa vai presidir à inauguração da nova unidade de produção do Grupo Aquinos, no Parque Industrial de Oliveirinha, onde serão produzidos colchões e molas para sofás, num investimento que deverá criar cerca de 350 postos de trabalho.

Segue-se o concelho de Tábua, e a visita ao complexo industrial do Grupo Aquinos, no Parque Industrial de Sinde, para a inauguração de novas unidades de produção do maior fabricante europeu de sofás e um anfiteatro.

Já da parte da tarde, António Costa deverá chegar ao concelho de Oliveira do Hospital, onde vai visitar o Campus Tecnológico da BLC3, situado nas antigas instalações da Acibeira, em Lagares da Beira, num investimento do Município oliveirense que, em 2016 recuperou a propriedade daquele antigo centro de negócios.

Apesar de não constar da “agenda”, a deslocação do Primeiro Ministro a Oliveira do Hospital deverá ficar marcada pelo tema das acessibilidades rodoviárias, nomeadamente a concretização do IC6 até à Zona Industrial de Oliveira do Hospital, da qual Alexandrino fez depender a sua recandidatura a um terceiro mandato na autarquia.

Mesmo sem Primeiro Ministro, José Carlos Alexandrino avançou com o anúncio da candidatura, no início deste mês, considerando ter todas as garantias do Governo que o IC6 vai avançar. Este sábado, no entanto, vai querer ouvi-lo de “viva voz” de António Costa.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.