António Lopes passa “atestado de incompetência” aos deputados

Folha do Centro - A loucura do presidente da assembleia

Presidente da Assembleia Municipal lamenta que os eleitos ao mais alto órgão do concelho não saibam o que estão ali a fazer.

O presidente da assembleia municipal de Oliveira do Hospital, António Lopes, acusou os eleitos a este órgão “máximo” do Município de “saberem muito pouco do que estão aqui a fazer” e até de não terem “noção das suas responsabilidades” na vida democrática do concelho.

Lopes reagia assim à intervenção do deputado do PSD, Rafael Costa, que antes o tinha questionado sobre a promessa de divulgação “em seis páginas” do que “vai mal na Câmara Municipal”, feita na última reunião do ano, e que não se chegou a concretizar devido ao seu recuo relativamente a uma serie de críticas e acusações dirigidas á gestão de Alexandrino.

Depois de ter feito quase um “pedido de desculpas público”, Lopes afirma não estar arrependido de ter agitado as águas, garantindo que “fez o que tinha a fazer” e “disse o que tinha a dizer” relativamente àquilo que julga ser o papel da assembleia municipal e o seu poder de intervenção nas decisões do executivo. “Como me competia tentei consertar posições com o senhor presidente da Câmara e chegámos a consensos mínimos sobre aquilo que as coisas deviam ser”, até porque “a política é a arte do possível”, adiantou. Entendendo, todavia, que deve continuar vigilante à ação do executivo camarário e de “ser uma oposição serrada em relação aquilo que entende não ser uma boa governação”, António Lopes não deixou de lamentar o papel secundário que a assembleia municipal tem assumido ao longo dos anos, continuando na sua opinião “descuidada no seu todo”. “Esta assembleia é a única que não tem uma comissão especializada para debater as grandes questões do concelho”, advertiu o mais alto representante do Município, acusando os eleitos locais de “saberem muito pouco” das suas competências neste órgão e de “não terem noção das suas responsabilidades”. (leia mais na edição impressa)

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.