Apoios à agricultura e limpeza da floresta em destaque em colóquio promovido pela Cooperativa da Beira Central

Cooperativa

Os apoios aos rendimentos na agricultura estiveram em debate num colóquio promovido pela Cooperativa Agro Pecuária da Beira Central e que contou com esclarecimentos de técnicos da Confragri.

Num território fortemente afetado pelo incêndio de 15 de outubro, o facto de agricultores e produtores florestais poderem apresentar as habituais candidaturas de pedido único foi uma das principais mensagens transmitidas aos associados da Cooperativa, com destaque também para os processos em torno dos apoios simplificados e candidaturas comunitárias destinadas à recuperação no pós incêndio.

Esclarecimentos que se estenderam também em torno da lei que obriga à limpeza dos terrenos em volta das edificações e aglomerados populacionais, onde a vereadora com o pelouro das florestas na Câmara de Oliveira do Hospital, Teresa Dias, explicou que os proprietários têm até 15 de março para proceder à limpeza de terreno (mato e silvas), numa faixa de 50 metros à volta de casas isoladas, e remoção de árvores florestais (com exceção das árvores de fruto e de jardim) num espaço de cinco metros das casas.  “Em Oliveira do Hospital, a ação será sobretudo de remoção de árvores queimadas”, referiu a vereadora, fazendo notar que a maior preocupação nesta altura prende-se com o depósito das árvores ardidas e os preços praticados.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.