ARCIAL e Quinta dos Jugais entregaram as primeiras 2300 árvores da campanha “Sementes Solidárias”

ARCIAL.Sementes4

ARCIAL.Sementes2A ARCIAL e a empresa Quinta dos Jugais procederam ontem (sexta-feira) à entrega das primeiras 2300 jovens árvores distribuídas no âmbito da campanha “Sementes Solidárias”, iniciada pelas duas entidades no Natal de 2018.

No âmbito de uma parceria estabelecida com a Junta de Freguesia de Nogueira do Cravo, no concelho de Oliveira do Hospital, a Associação para a Recuperação de Cidadãos Inadaptados de Oliveira do Hospital e uma das maiores empresas deste concelho receberam, ao final da tarde, os 39 proprietários daquela freguesia que se voluntariaram para promover ações de reflorestação, tendo procedido à distribuição de 2300 carvalhos e sobreiros. O medronheiro, outra das árvores que suscita interesse, será distribuído numa fase posterior.

A campanha “Sementes Solidárias” germinou quando a IPSS oliveirense e a conhecida empresa do ramo alimentar se uniram para promover a reflorestação da área ardida no grande incêndio de outubro de 2017. Na venda de cabazes de natal realizada pela Quinta dos Jugais, os seus clientes tinham a opção de doar um euro destinado a ações de reflorestação promovidas pela ARCIAL, assumindo esta entidade o compromisso de plantar uma árvore por cada cabaz adquirido. Contas feitas, no final da ação, que decorrerá ao longo de 2019, deverão estar plantadas 4000 árvores de espécies autóctones, nomeadamente carvalhos, medronheiros e sobreiros

As ações de reflorestação terão o envolvimento dos utentes da instituição – jovens e adultos com dificuldades intelectuais e incapacidade – os quais foram também responsáveis pelo processo de germinação e cuidado das sementes utilizadas no início do processo.

A campanha “Sementes Solidárias” vem na sequência do projeto desenvolvido pela ARCIAL ao longo de 2018, na sequência do primeiro prémio alcançado na 8.ª edição do concurso BPI Capacitar. Esta iniciativa visa apoiar projetos que promovam a melhoria da qualidade de vida, a ocupação e a autonomia de pessoas com deficiência ou incapacidade permanente, em situação de vulnerabilidade social. O prémio de 31500 euros permitiu à ARCIAL a implantação de uma estufa e a aquisição de equipamento para germinação de espécies autóctones, como o medronheiro, o sobreiro, o carvalho negral, o carvalho alvarinho e o pinheiro manso, que serão utilizadas em ações de reflorestação na região centro.

Por sua vez, a Quinta dos Jugais compromete-se com uma medida de responsabilidade social com enfoque ambiental, contribuindo ainda para a sensibilização e educação para a cidadania dos jovens com deficiência e incapacidade.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.