Auditoria confirma certificação do Sistema de Qualidade do Município

Folha do Centro - Auditoria confirma certificação do Sistema de Qualidade do Município

Certificados os serviços da Secção de Obras Particulares e de Metrologia e os respetivos processos operacionais.

A auditoria externa realizada ao Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital confirmou a manutenção da sua certificação, válida até 2014. A autarquia tem apostado na qualidade dos serviços prestados aos munícipes, que podem confiar no serviço que lhe é prestado. Até ao momento estão certificados os serviços da Secção de Obras Particulares e de Metrologia e os respetivos processos operacionais, o que significa que os processos de suporte e os serviços responsáveis pelos mesmos são igualmente auditados, como é o caso do aprovisionamento, informática, infraestruturas, recursos humanos, gestão financeira e gestão do sistema.
A auditoria realizada confirmou a evolução das boas práticas dos serviços do Município, que alcançaram os objetivos propostos. A implementação da certificação de qualidade permite uma visão global e transversal dos processos e tem garantido a melhoria de alguns itens inerentes aos serviços, como o tempo de resposta ou a diminuição da burocratização.
José Francisco Rolo, vereador responsável pelo pelouro da Tecnologia e Inovação, realça um trabalho que “é um processo dinâmico e está alicerçado na evidente saúde financeira do Município de Oliveira do Hospital. Este caminho revela um investimento constante na melhoria dos serviços prestados aos munícipes e aos contribuintes, que podem confiar na qualidade do serviço prestado”. O vice-presidente da autarquia assegura ainda que a certificação dos serviços “vai ser alargada a outros setores a curto prazo, realçando-se o trabalho de Planeamento e de todo o Grupo da Qualidade, como ficou patente no relatório da auditoria”. Este documento realça a existência de “excelentes níveis de satisfação dos munícipes, quer para as Obras Particulares quer para a Metrologia”; a “inexistência de reclamações” nos anos de 2011 e 2012; e que durante a execução da auditoria foi “perfeitamente percetível o empenho do executivo, assim como de todos os colaboradores, que demonstraram conhecer bem o sistema”.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.