Autarquia avança com gabinete de apoio ao empresário

Folha do Centro - Autarquia avança com gabinete de apoio ao empresário

José Carlos Alexandrino garante que a sua prioridade política nesta altura é o apoio à iniciativa privada.

O presidente da Câmara de Oliveira do Hospital garante que a sua opção política para os próximos tempos é “clara como a água” e passa pelo apoio às pequenas e médias empresas do concelho.

José Carlos Alexandrino falava esta sexta feira, no encerramento de um seminário, promovido pelo NERC – Associação Empresarial da Região de Coimbra, em Oliveira do Hospital, que teve como tema o “Associativismo, Empreendedorismo e Inovação Social”, onde disse acreditar na iniciativa privada oliveirense e no seu potencial, sobretudo num quadro como aquele que se aproxima de chegada de novos fundos comunitários que deverão possibilitar à região alavancar ainda mais os seus projetos e iniciativas empresariais. “Acredito muito neste novo NERC, e num trabalho conjunto que podemos fazer com a Câmara Municipal e os empresários, no sentido de potenciarmos a criação de emprego a nível local, porque ninguém pense que isolado é que se resolvem os problemas”, afirmou o edil, que se disse empenhado em reunir o tecido empresarial do concelho, por setores, no sentido de estes poderem ser “capazes de disputar melhor as verbas do próximo quadro comunitário”.

E neste sentido, acrescentou, “Oliveira do Hospital e os seus empresários precisam da nova dinâmica do NERC e do seu entusiasmo”. “Nós desconfiamos sempre de Coimbra porque tem sido madrasta para com este território. Os poderes instituídos de Coimbra têm-se esquecido desta região, porque se não se tivessem esquecido, de certeza já tínhamos o IC6 concluído”, desabafou o edil, lembrando que, pese embora essas contrariedades, Oliveira tem “um tecido empresarial muito interessante” que não se “envergonha de estar ao lado de outros concelhos”. Daí, o edil, considerar que é necessária uma nova visão sobre este território, menos assente na obra física e mais focada no desenvolvimento económico e no apoio “direto” aos investidores. (leia mais na edição impressa)

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.