Avião lançou sementes em encosta ardida de Oliveira do Hospital

semear portugal

Um avião Dromader M-18 lançou, no dia 7 de dezembro, sementes numa zona de encosta, da União de Freguesias de Penalva de Alva e S. Sebastião da Feira, no âmbito do projeto “Semear Portugal por Via Aérea.

Nesta primeira fase, foram lançadas sementes de gramíneas e leguminosas numa área de cerca de 10 hectares que foi afetada pelo incêndio.

O projeto “Semear Portugal” é da responsabilidade da TAKE C’AIR, da Replantar Portugal, Quercus e da empresa de serviços aéreos Avitrata, em colaboração com os municípios.

Segundo Teresa Dias, vereadora da Câmara Municipal responsável pelas Florestas, a iniciativa representa “uma mais valia” porque as sementes “vão ajudar a fixar os solos”. “No caso de chuva, ajuda a reter as terras e a que não haja erosão”, explicou, verificando que “se resultar” a iniciativa “pode ser replicada”. A responsável dá o bom exemplo de S. Pedro Sul onde a ação foi experimentada no ano passado e “deu bons resultados”.

A zona beneficiada em Oliveira do Hospital é a mesma onde foram feitas as barreiras com troncos numa iniciativa de estabilização dos solos da responsabilidade do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas. Por via área, foram assim semeadas leguminosas e gramíneas, que incluem espécies melíferas que dão flor e que “são boas para as abelhas”. “É um dois em um”, refere Teresa Dias, dando conta do agradecimento do município pela realização desta iniciativa.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.