Câmara Municipal organiza torneio solidário para ajudar crianças carenciadas

Folha do Centro - Câmara Municipal organiza torneio solidário para ajudar crianças carenciadas

É a primeira vez que um evento desportivo reúne tantos setores da comunidade oliveirense e vão fazê-lo por uma causa solidária. A iniciativa é da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que acaba de anunciar em conferência de imprensa a realização de um torneio de futsal com objetivo de angariar verbas e bens alimentares para bebés e crianças de famílias carenciadas. O torneio envolve as duas corporações de bombeiros do concelho, agrupamento de escolas, juntas de freguesia e forças de segurança (GNR), que vão disputar os jogos em três pavilhões diferentes: municipal de Oliveira do Hospital, na Cordinha e ainda no pavilhão da Liga de Melhoramentos de Nogueira do Cravo.

Trata-se de uma atividade que, para além de ter um papel importante para a promoção da prática desportiva, é, segundo o vereador do desporto, Nuno Ribeiro, uma forma de “alavancar” algumas atividades desportivas no concelho, podendo mesmo envolver no futuro empresas e outros grupos. Com isto “estamos também a promover a sã convivência e a união entre as diferentes instituições”, considerou o novo vereador com o pelouro do desporto, não tendo dúvidas que este evento serve para aproximar determinados setores que, quer com a extinção dos agrupamentos, quer com a extinção das freguesias,”torna o convívio cada vez mais difícil”.

Nuno Ribeiro garante aliás que, pese embora a contenção que está imposta às autarquias, “a Câmara de Oliveira está disponível a colaborar com certos eventos que façam a diferença no concelho”, como este que abraça uma causa solidária, em que a assistência aos jogos vai ser desafiada a colaborar com a dádiva de alimentos para bebés carenciados.

Também o vereador da ação social não tem dúvidas que esta é mais uma iniciativa que distingue o concelho na área social, tal como já acontece com outros projetos que têm vindo a ser desenvolvidos e que estão a servir para outros territórios de modelos inspiradores. “Este é um período do ano em que há um forte apelo à solidariedade, à dádiva e à generosidade em que aparecem iniciativas deste género”, lembrou José Francisco Rolo, julgando que este “pode ser mais um modelo a ser replicado” uma vez que alia a componente de saúde à solidariedade com aqueles que mais precisam.

A recolha de bens alimentares vai decorrer durante os jogos em cada um dos pavilhões onde vão ser colocados carrinhos de compras precisamente para quem for assistir ao torneio possa deixar os seus donativos. Os bens alimentícios que forem recolhidos têm como destino o Banco de Recursos Sociais, que hoje representa 370 agregados familiares que, de alguma forma, beneficiam ou já beneficiaram de ajuda. “Mensalmente 40 famílias vão ao programa de ajuda alimentar”, onde os leites, as papas lácteas e os enlatados são os bens mais procurados, referiu o vereador da ação social, destacando a importância destas iniciativas para  ”alimentarmos o Banco de Recursos”. Além da ajuda alimentar, a Loja Social de Oliveira do Hospital apoia mensalmente com roupas, brinquedos e outros equipamentos de bebé 120 famílias “daí o mérito de se fazer este torneio com forte pendor solidário”, conclui o vereador da ação social, pretendendo com esta iniciativa tornar os bebés carenciados ”mais felizes”.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.