Câmara poupou 40 mil euros de água aos oliveirenses

Reuniao Camara CMOH

O Município de Oliveira do Hospital não faturou perto de 40 mil euros de água gasta no mês do trágico incêndio que devastou o concelho. Segundo a autarquia, foram apenas faturados 61.197 metros cúbicos de água de um total de 156.238 m3 registados.

O executivo oliveirense tinha deliberado pela não cobrança da água gasta pelos oliveirenses na proteção das suas casas e bens por ocasião do incêndio de 15 de Outubro, optando por faturar naquele mês o valor equivalente à média de consumo nos últimos 12 meses registada por cada habitação.

A fatura de água correspondente ao mês de outubro já seguiu para os munícipes. Em reunião do executivo, o presidente da Câmara Municipal informou que, no âmbito da medida, foram apenas facturados 61.197 metros cúbicos de água (num total de 156.238 m3). José Carlos Alexandrino adiantou que a redução na fatura foi de 38.147,33 Euros.

A medida resulta da intenção do município manifestado logo após o grande incêndio, no sentido de não agravar a fatura de água naquele mês às muitas vítimas da tragédia.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.