Campanha do Pirilampo Mágico arrancou em Oliveira do Hospital ao ritmo de zumba

Folha do Centro - Campanha do Pirilampo Mágico arrancou em Oliveira do Hospital ao ritmo de zumba

ARCIAL espera ultrapassar a venda de dois mil bonecos.

A campanha do Pirilampo Mágico, cujo tema este ano é o desporto, arrancou em Oliveira do Hospital ao ritmo da dança, numa cerimónia “informal” que juntou direção, técnicos e utentes da ARCIAL – a entidade promotora da campanha nos concelhos de Oliveira e Tábua, o executivo camarário e ainda várias crianças de uma IPSS´s oliveirense.

O lançamento do famoso pequeno boneco de pelo teve como palco o largo Ribeiro Amaral, no coração da cidade, onde a ARCIAL chamou a atenção dos oliveirenses para mais uma campanha de solidariedade social, neste caso concreto, para a venda do “novo” pirilampo que este ano se apresenta vestido em tons lilás “clarinho”. Destinada a angariar fundos para apoiar crianças, jovens e adultos com deficiência mental e multideficiência, esta campanha vai estar na rua até ao final do mês, sendo que cada pirilampo mágico custa dois euros, havendo também para venda “pins” no valor de um euro, com o mesmo objetivo “solidário”.

Há 27 anos a colaborar com esta iniciativa, a ARCIAL é a única entidade credenciada pela Fenacerci – Federação Nacional de Cooperativas de Solidariedade Social – para a venda do pirilampo mágico nos concelhos de Oliveira do Hospital e Tábua, que corresponde à área de influência da instituição em termos de população utente. Com dois mil bichinhos para venda, a ARCIAL espera todavia esgotar rapidamente o stock, até porque, a experiência de anos anteriores é de que estes números são facilmente ultrapassados e “temos de requisitar mais pirilampos à Fenacerci” diz a presidente da instituição parceira desta campanha, Rosa Neto.

Os utentes da ARCIAL e habituais voluntários da instituição associam-se a mais esta campanha, na venda dos pirilampos na cidade. Além da ajuda destas pessoas, a instituição de apoio a pessoas com deficiência conta ainda com a colaboração de vários pontos de venda nos concelhos de Oliveira e Tábua que todos os anos dão apoio a esta campanha. “É um pequeno contributo mas um grande gesto”, refere a presidente da direção da ARCIAL, que apela mais uma vez à solidariedade de oliveirenses e tabuenses no sentido de adquirirem o pequeno boneco, este ano, de cor lilás, já que com esse gesto “estão a ajudar os nossos jovens com algumas incapacidades, senão muitas incapacidades”. “Esperemos que este pirilampo seja mais uma luzinha que brilhe nos nossos corações”, afirmou Rosa Neto, empenhada no sucesso de mais uma campanha de angariação de verbas para “minimizar algumas lacunas sentidas nesta área da deficiência”.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.