CAULE incentiva população a preservar espécies arbóreas raras

Folha do Centro - CAULE incentiva população a preservar espécies arbóreas raras

Campanha de sensibilização apela à conservação do azevinho e azereiro nas freguesias de Alvoco das Várzeas e Vide.

Constituem uma das raras amostras existentes no país, e a CAULE – Associação Florestal da Beira Serra, quer contribuir para a sua preservação.

Trata-se dos povoamentos de azevinho e azereiro existentes nas freguesias de Alvoco das Várzeas e Vide e estão a ser alvo de uma campanha de sensibilização, cujo objetivo é chamar a atenção da população para a importância da conservação destas duas espécies autóctones, pouco comuns em Portugal.

Segundo aquela organização florestal, o vale do rio Alvoco possui um tipo de floresta que constitui uma das “raras amostras ainda existentes na vegetação natural”, onde figuram o azevinho e o azereiro que “assumem um papel de relíquia” na formação arbustiva da região. “Em Portugal os azevinhos ocorrem quase sempre isolados, sendo muito raros os exemplares selvagens.

Notável exceção à regra é a população encontrada nas freguesias de Alvoco das Várzeas e Vide”, faz notar a CAULE, lembrando que esta é uma espécie protegida, ou seja, o seu “corte, arranque ou destruição são proibidos por lei”.

Tendo começado por sensibilizar a população com a afixação de informação no terreno, a associação florestal alerta para o facto destas duas espécies autóctones serem de elevado interesse ecológico, contribuindo para a manutenção da biodiversidade. Normalmente encontram-se refugiadas em vales, onde as condições ao seu crescimento são favoráveis, com climas húmidos e zonas sombrias, como é o caso daquelas duas freguesias.

A bióloga e dirigente da CAULE, Raquel Campos, lembra que dada a dificuldade de reprodução do azevinho, a conservação desta espécie torna-se ainda mais importante, depois de nos últimos anos ter sofrido um “desbaste” com a sua utilização para fins decorativos.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.