Empresa de Oliveira do Hospital começou a produzir viseiras de proteção contra o Covid-19

VinilStar

VinilStar recebeu primeiras encomendas do Município de Oliveira do Hospital e da Segurança Social de Viseu.

A empresa oliveirense VinilStar, na área do design e publicidade, começou esta semana a produzir as primeiras viseiras de proteção contra o Covid19, tendo recebido as primeiras encomendas do Município de Oliveira do Hospital e da Segurança Social de Viseu.

Feitas em policabornato, estas viseiras são já muito utilizadas por profissionais da saúde em todo o mundo, nomeadamente nas unidades hospitalares com doentes infetados com o novo coronavírus, mas também por profissionais de outras áreas consideradas de “risco”, como agentes de segurança ou mesmo técnicos do setor social. No espaço de pouco mais de duas semanas, o empresário Marco Dias afirma ter desenvolvido três protótipos ( incluindo um modelo para quem usa óculos), contando ainda esta sexta feira ter concluído o último modelo e aquele que considera ser de “proteção total” e “mais direcionado aos hospitais”.

“Temos recebido vários contactos a pedirem a cotação deste último modelo por parte de hospitais centrais, GNR, bombeiros, empresas de segurança, vamos ver se vamos fornecê-los”, adianta o empresário, mostrando-se satisfeito com a resposta do mercado. “Temos recebido muitos contactos, para já só a Segurança Social de Viseu e o Município de Oliveira é que efetivaram encomendas, mas há muitas outras instituições públicas e até privados a pedirem-nos cotação e a mostrarem interesse”, refere ainda Marco Dias que encontrou nesta nova linha de produção uma forma de contornar a crise e o momento que a empresa vivia desde o inicio do surto pandémico do Covid19.

“Estávamos a começar a viver um momento difícil, em que ficámos sem trabalho e sem clientes, tínhamos muito material para colocar de publicidade que acabou por ser cancelado ou adiado e esta é uma maneira de ajudar à crise por que estamos a passar”, conta Marco Dias, satisfeito ao mesmo tempo por desenvolver uma produto que é também uma “arma” importante no combate ao novo coronavírus.

“Temos que nos adaptar às situações, criando ideias e soluções” refere ainda o criativo, esperando entregar esta semana as mais de mil máscaras encomendadas pelo Município oliveirense.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.