Eptoliva apresenta práticas inovadoras na Futurália

Eptoliva futurália

A EPTOLIVA – Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil, marcou presença na FUTURÁLIA 2019, a maior Feira de oferta educativa, formação e empregabilidade do País, que decorreu entre 03 a 06 de abril na FIL, no Parque das Nações em Lisboa.

A apresentação do modelo pedagógico inserido na cultura “Open Schools for Open Societies” com base na metodologia Project Based Learning desenvolvido pela docente Honorata Pereira, a mostra dos projetos científicos “Fralda Ecossustentável”, “Teeth-Tech”, “Bem Biber”, “Fueling the Future” e “Made 4 You” e ainda um carrinho de rolamentos, foram algumas das experiências divulgadas pela EPTOLIVA no stand do Programa Operacional de Capital Humano, onde decorreu esta demonstração. Objetivando expor a vertente científica da formação em articulação com os temas de sustentabilidade, saúde e ambiente, a EPTOLIVA destacou-se pela sua dinâmica inovadora e empreendedora na formação ministrada, constituindo um ponto de interesse que suscitou a curiosidade dos jovens e a atenção de outros públicos ali presentes.

Com o mote “Não há dois futuros iguais. Escolhe o teu”, a 12ª edição da FUTURÁLIA pretendeu disponibilizar um leque de opções e informações sobre todas as áreas e níveis de qualificação, como ensino superior, ensino profissional e formação complementar (Cursos de Línguas em Portugal e no Estrangeiro, Programas de Intercâmbio), instituições nacionais e internacionais e confrontar os desafios e oportunidades com as exigências e necessidades que se colocam em matéria de gestão dos talentos, das qualificações e competências, de emprego e empregabilidade, de novas formas de trabalho, de novos métodos de ensino e aprendizagem, e de novas formas de organização das empresas.

A divulgação das boas práticas demonstrada e assegurada pela participação da escola profissional EPTOLIVA na FUTURÁLIA, a convite da ANESPO e POCH, vem atestar a relevância e visibilidade que esta escola de referência tem adquirido a nível regional, nacional e internacionalmente, posição que renova a cada ano pelo investimento na exigência, inovação, investigação, criação de parcerias e participação em projetos, designadamente com e para a comunidade, como considerou Daniel Costa, presidente da ADEPTOLIVA.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.