EPTOLIVA suspende aulas presenciais a partir de 16 de março como forma de prevenção do COVID-19

eptoliva

No âmbito da evolução da Pandemia de Coronavírus (COVID-19) no nosso País, a Direção da EPTOLIVA, após auscultação das Autarquias de Oliveira do Hospital e Tábua, do representante dos Encarregados de Educação, do Presidente da Associação de Estudantes e do Representante de Docentes nesta Escola Profissional, decidiu por unanimidade, suspender as aulas, entenda-se, todas as atividades letivas presenciais, a partir de 16 de Março inclusive, até ao início do 3º período, período este que poderá ser alterado, em função da evolução da situação e/ou mediante indicações das autoridades competentes.

Neste sentido e de acordo com as indicações nacionais, foi contactada a Autoridade de Saúde Local que deu parecer positivo a esta medida preventiva.

Convém referir que esta decisão em nada tem a ver com a existência, até à presente data, de casos suspeitos ou confirmados na comunidade educativa da EPTOLIVA, tendo como objetivo principal a prevenção da propagação do vírus Covid-19 nos concelhos de abrangência dos alunos.

Esta é uma questão de responsabilidade Social e Educativa, num momento em que todos os esforços serão poucos para evitar a propagação desta Pandemia. A EPTOLIVA tem já acionado o plano de contingência, que prevê um conjunto de medidas de prevenção, controlo e atuação, em situações de casos suspeitos de Covid-19 nos espaços escolares de Oliveira do Hospital e Tábua.

A EPTOLIVA consciente das implicações desta decisão no percurso escolar dos alunos está, já, a preparar um conjunto de medidas alternativas de ensino, a aplicar durante este período de tempo. Esta será uma forma de assegurar que a aprendizagem dos alunos e aquele que seria o normal cumprimento das atividades letivas, não é prejudicado, nem para alunos, nem para professores, pretendendo-se também que os alunos permaneçam nas suas residências, não sendo este considerado um período de férias, mas sim de prevenção do contágio, reduzindo ao máximo o contacto social.

Da mesma forma, a EPTOLIVA comunicará a todos os Encarregados de Educação a importância de assegurarem que os seus Educandos cumpram estas atividades letivas em casa, reforçando a importância de que todos devem permanecer nas suas residências, evitando ao máximo o contacto social. A EPTOLIVA lamenta todos os constrangimentos que esta decisão possa ter nas famílias dos alunos, mas que é certamente bem aceite e compreendida, na medida em que se pretende preservar a saúde pública de todos e de cada um dos membros da vasta comunidade educativa da EPTOLIVA.

A EPTOLIVA decidiu também a suspensão do atendimento presencial a alunos, nos espaços escolares sede e polo desta escola, recomendando ainda a todas as pessoas, que deverão privilegiar o contacto por via telefónica ou eletrónica com os diversos Serviços da Escola, através do email geral@eptoliva.pt, e dos telefones 238 605 210 (Oliveira do Hospital) e 235 413 865 (Tábua).

Apelamos a todos que cumpram as medidas de prevenção que têm vindo a ser repetidamente divulgadas, pois esta é a forma de evitar que o vírus chegue a qualquer membro da nossa comunidade educativa e dos nossos Concelhos de abrangência.

Não obstante a decisão tomada, a EPTOLIVA respeitará todas as medidas tomadas ao nível do Ministério da Educação e Autoridades de Saúde.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.