Ex presidente da Assembleia Municipal tentou impedir homenagem a Belmiro de Azevedo

Folha do Centro - Ex presidente da Assembleia Municipal tentou impedir homenagem a Belmiro de Azevedo

Patrão da Sonae indiferente a “aviso” de António Lopes.

O ex presidente da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, António Lopes, destituído do lugar no passado mês de abril, tentou impedir a homenagem que o Município prestou a Belmiro de Azevedo, no feriado municipal de 7 de outubro, entregando-lhe a Medalha de Ouro do concelho.

Depois de avisar na reunião da assembleia municipal de 19 de setembro que iria “avisar” Belmiro de Azevedo de que a distinção que lhe foi atribuída poderia estar ferida de nulidade, uma vez que está a tentar provar em tribunal que a sua destituição da presidência daquele órgão foi feita de forma ilegal, Lopes, que se apresentou na qualidade de presidente da Assembleia Municipal substituído, fez questão de enviar uma carta ao patrão da Sonae a dar-lhe conta dos acontecimentos, colocando à consideração do engenheiro vir ou não receber a medalha no dia do Município. “Em sessão ordinária da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital que teve lugar no passado dia 19 de setembro, foi Vossa Excelência distinguido com a medalha de ouro do Município. O signatário intentou processo judicial de anulação da decisão de substituição, a qual, a obter êxito, anula a decisão tomada pela Assembleia Municipal quanto à distinção que lhe foi conferida. Assim decidi tomar a liberdade de dar conhecimento do facto a Vossa Excelência para o que tiver por conveniente”, pode ler-se na curta missiva enviada a Belmiro de Azevedo a que o nosso jornal teve acesso.

Apesar dos avisos, o que é certo é que o homem forte da Sonae e um dos empresários mais poderosos do país aceitou vir a Oliveira do Hospital, no passado dia 7, receber a mais alta distinção do Município oliveirense, reagindo assim com indiferença à informação que lhe chegou pela via do ex presidente da Assembleia Municipal. Belmiro de Azevedo que detém em Oliveira do Hospital uma das maiores e mais antigas unidades de transformação de madeira do Grupo, aproveitou a homenagem do Município para anunciar novos investimentos no concelho, confirmando assim a expansão da fábrica de aglomerados de madeira, na Catraia de S. Paio, onde se prepara para fazer um investimento na ordem dos 50 milhões de euros.

Embora tenha avançado ao jornal on line Correio da Beira Serra, que iria também informar os outros homenageados da possível anulação da sua distinção por parte da Assembleia Municipal, o nosso jornal sabe que António Lopes não terá “avisado” mais ninguém a não ser o presidente da Sonae. Na lista dos agraciados pelo Município no passado dia 7 houve mesmo quem estivesse à espera de receber o “aviso” do ex presidente da Assembleia Municipal para responder à “letra”, desafiando Lopes “a enviar a carta que ia ver a resposta que leva”.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.