Galardões distinguem Município de Oliveira do Hospital

Galardões1

Galardões3A Bandeira “Cidade ou Vila de Excelência – Nível III” foi entregue, na sexta-feira, ao Município de Oliveira do Hospital pela Rede de Cidades e Vilas de Excelência como reconhecimento público do meritório trabalho que o Município tem vindo a desenvolver no âmbito dos trabalhos de qualificação urbana.

A distinção é entregue pelo Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade, ICVM por se constituir uma cidade de excelência nos eixos da regeneração, acessibilidade para todos e vila turística.

Com este galardão são distinguidas as práticas inovadoras  nos eixos da mobilidade e da regeneração urbana bem como o grau de evolução da implementação do Plano de Ação Local proposto para a cidade de Oliveira do Hospital e para a vila de Avô, aquando da adesão destes membros à Rede de Cidades e Vilas de Excelência, nos eixos “Cidade ou Vila Ciclável e de Mobilidade Amigável”, “Cidade ou Vila de Regeneração e Vitalidade Urbana” e “Cidade ou Vila Turística”.

Assim, é reconhecido o conjunto de ações qualificadoras do espaço urbano de Oliveira do Hospital e vila do Avô que visam a regeneração, enfatizar os modos suaves de deslocação, fomentar a utilização de Tecnologias de Informação e Comunicação e a redução da fatura energética, além de fomentar o turismo sustentável com aproveitamento do importante manancial histórico do concelho.

O presidente da autarquia congratulou-se pela “distinção altamente prestigiante” atribuída desde 2013 e que “representa o reconhecimento do trabalho de excelência que temos vindo a desenvolver ao nível da qualificação do nosso território, sobretudo nos eixos da regeneração, acessibilidade para todos e turismo.

No mesmo dia em que foram também hasteadas as bandeiras “Autarquia + Familiarmente Responsável” e “ECO XXI”, José Carlos Alexandrino não deixou de notar a certificação por parte de entidades independentes que “estamos a cumprir a nossa missão com políticas de boas práticas de sustentabilidade, no caso da EcoXXI, e em matéria das políticas municipais de apoio às famílias”.

Os resultados obtidos levam Paula Teles, presidente do ICVM, a sublinhar que o trabalho desenvolvido em Oliveira do Hospital “é exemplo para outros municípios. Está aqui um bom exemplo de boa prática para outros municípios no âmbito das políticas de desenvolvimento urbano”. Um “território do interior que se esforça para seguir o que são as tendências europeias, em diferentes áreas, para atrair novos públicos e pessoas”. Disse, concluindo que o Município de Oliveira do Hospital é um “exemplo físico e vivo de uma grande vitamina para o país”.

Palavras partilhadas pelo coordenador do Projeto Rede Cidades e Vilas de Excelência, Pedro Ribeiro da Silva que frisou, “Oliveira do Hospital é talvez a cidade que apresenta mais ações concretizadas nos últimos anos e há uma transversalidade nelas que é relevante”, referindo-se a áreas como a urbanidade e mobilidade, a eficiência energética, a cultura, o turismo, ou a ligação cidade e ruralidade, a  fruição do espaço urbano com o desporto. “Oliveira do Hospital encarnou muito bem o que era o espírito e missão da rede. Faz obra física com acompanhamento de ações imateriais”, concluiu.

Galardões2

“Cidade ou Vila de Excelência – Nível III”

Destacam-se enquanto ações urbanas de maior ênfase na cidade de Oliveira do Hospital, no âmbito da “Cidade ou Vila de Regeneração e Vitalidade Urbana”, a revitalização económica e cívica do “casco” histórico da cidade de Oliveira do Hospital, através de eventos como o “Há Festa da Zona Histórica”, o programa mOHve-te e a campanha de promoção do comércio tradicional na quadra natalícia; bem como a requalificação e ampliação da casa da cultura César Oliveira e  envolvente para criação de Centro Cultural; a beneficiação da Av. Dr. Carlos Campos ou a disponibilização da plataforma “A minha rua”.

No âmbito da “Cidade ou Vila de Eficiência Energética/Smart City” destacam-se ações como a substituição de luminárias convencionais para outras de tecnologia LED; eliminação  de lâmpadas de vapor de mercúrio da rede de iluminação pública; aprovação de candidaturas ao Fundo de Eficiência Energética e ao Plano de Promoção de Eficiência no consumo; criação de bases para tornar a cidade uma Smart City ou ainda submissão de candidatura à linha de apoio à disponibilização de Redes Wi-Fi, “Wi-Fi – OliveiraDigital”.

Relativamente, à Vila do Avô, no âmbito da “Cidade ou Vila de Regeneração e Vitalidade Urbana” destacam-se a Requalificação do Miradouro de Avô  e a beneficiação da Praia Fluvial de Avô com a recuperação das infraestruturas danificadas pelos incêndios de outubro de 2017 e posteriores intempéries. A ativação da Grande Rota do Alva, através do instrumento financeiro PROVERE iNature – Turismo Sustentável em Áreas Classificadas é a ação que se realça no âmbito de “Cidade ou Vila Turística” na vila de Avô para além de outras iniciativas de vertente turística e de educação ambiental.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.