Governo promete resolver “estrangulamentos” na produção de queijo Serra da Estrela

Folha do Centro - Governo promete resolver “estrangulamentos” na produção de queijo Serra da Estrela

Secretário de Estado da Alimentação e Investigação Agroalimentar encerrou 28 º Concurso Nacional de Ovinos Serra da Estrela em Oliveira do Hospital.

O Secretário de Estado da Alimentação e Investigação Agroalimentar deixou a garantia de “desburocratizar” e resolver alguns “estrangulamentos” que continuam a afetar a produção do queijo Serra da Estrela, e que têm conduzido nos últimos anos a uma redução significativa do efetivo animal em toda a região. Nuno Vieira e Brito falava no encerramento do 28º Concurso Nacional de Ovinos Serra da Estrela, que decorreu este fim de semana nas instalações da ANCOSE em Oliveira do Hospital, contando com a participação de mais de três dezenas de criadores de gado ovino. O governante que, ainda em março de visita à Feira do Queijo de Oliveira do Hospital tinha sido confrontado pelos produtores com alguns problemas que atingem o setor, aproveitou para anunciar uma nova portaria que “reduz significativamente o conjunto de análises que o produtor está obrigado a fazer para comercializar os seus produtos”.

“É necessário reduzir a burocracia que o Estado obriga aos produtores”, afirmou o Secretário de Estado, dando nota do trabalho que tem estado a ser realizado pela tutela no sentido de “encontrar formas mais rápidas e expeditas dos produtores produzirem e comercializarem os seus produtos”. Nuno Vieira e Brito respondia desta forma ao apelo deixado pelo presidente da Câmara de Oliveira, José Carlos Alexandrino, que se mostrou preocupado com o desaparecimento de uma atividade com tradições muito arreigadas nesta região e que atualmente “caminha para a extinção”. “Se não fizermos nada para inverter este ciclo é o ciclo do desaparecimento desta raça e do queijo Serra da Estrela”, advertiu o autarca, que apesar de não se querer alongar sobre algumas propostas para o setor por se encontrar em plena campanha eleitoral, defendeu um “modelo de desenvolvimento” assente no apoio às pequenas explorações nesta área, até porque “percebemos que o emprego tradicional vai escasseando”. “Penso tomar algumas medidas de apoio à criação de animais para ver se podemos inverter este ciclo” prometeu ainda assim Alexandrino, voltando a exortar por incentivos à produção desse “produto de excelência que é o queijo Serra da Estrela”. (leia mais na edição impressa)

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.