Inspeção Geral de Finanças não encontra irregularidades na gestão da autarquia

Folha do Centro - Inspeção Geral de Finanças não encontra irregularidades na gestão da autarquia

Alexandrino divulgou relatório preliminar de auditoria realizada à Câmara Municipal para “desilusão” do ex presidente da Assembleia Municipal que tem vindo a acusá-lo de falta de rigor e despesismo.

A Inspeção Geral de Finanças não detetou quaisquer irregularidades na gestão da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, na auditoria que realizou a este Município, nos anos de 2011, 2012 e 2013.

Esta é a conclusão que se pode retirar do relatório preliminar da auditoria feita pela IGF divulgado pelo presidente da Câmara, numa declaração à imprensa. José Carlos Alexandrino garante que enquanto aguarda os resultados da última auditoria solicitada à Inspeção Geral de Finanças a propósito das denúncias tornadas públicas pelo ex presidente da Assembleia Municipal, António Lopes, foram pedidos esclarecimentos quanto aos resultados desta auditoria realizada anteriormente à contratação pública, e não tem dúvidas que o relatório preliminar agora conhecido “vai fazer com que alguns tenham uma grande desilusão”.

Apesar de apontar algumas recomendações que, nalguns casos, vão ser acatadas pela Câmara Municipal, Alexandrino diz que o relatório é claro em termos da sua gestão, não encontrando ilegalidades em matéria de contratação pública. O documento observa, por exemplo, que “todas as obras lançadas pela autarquia foram adjudicadas abaixo do preço base”, assim como “o critério de adjudicação em todos os concursos foi preço”. Mais, garantiu, Alexandrino, numa breve leitura do relatório, “o Município tem tido a preocupação de se basear em critérios objetivos” sendo “notórias as preocupações da autarquia na aquisição de bens e serviços”, aponta o mesmo documento citado pelo autarca, constatando também que a autarquia assegurou a concorrência mínima exigida por lei em matéria de concursos públicos. (leia mais na edição impressa)

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.