Maior investimento privado dos últimos anos abriu portas

Abertura IG Irmãos Gonçalves

“Irmãos Gonçalves” avançam em 2013 com expansão do posto de combustível e investimento na área da 3ª idade.

A cidade de Oliveira do Hospital assistiu, no dia 8 de novembro, à inauguração de um dos investimentos mais avultados, dos últimos anos, na área do comércio a retalho. Trata-se do novo supermercado “Irmãos Gonçalves”, implantado numa área de mais de três mil metros quadrados no centro da cidade oliveirense, e representa um investimento superior a três milhões de euros.
Uma nova superfície comercial que vem dar lugar a um outro espaço onde a empresa vinha operando, que começou a ser pequeno demais para as necessidades. Logo às primeiras horas da manhã era visível o movimento de carros e pessoas a dirigirem-se para o novo supermercado, bem como no seu interior, onde circulavam já algumas centenas de clientes e como não poderia deixar de ser, também “muitos curiosos”.
Sorridente, Rui Gonçalves, um dos sócios gerentes da empresa, mostrava-se confiante no sucesso de mais este investimento dos “Irmãos Gonçalves”, que nos últimos 23 anos, não têm parado de crescer nesta área de negócio. “É um projeto um pouco arrojado nos dias de hoje, mas há de correr bem, há de correr bem”, afirmava o empresário, sem esconder algum nervoso miudinho, mas ao mesmo tempo habituado a “desafiar o futuro”. Numa altura em que muitas empresas fecham portas, e em que o desemprego não para de aumentar também no concelho de Oliveira do Hospital, Rui Gonçalves quer acreditar “nesta terra”, e no “dia de amanhã”. “Eu costumo dizer que sou oliveirense de gema, o meu pai era de Oliveira, o meu avô era de Oliveira, por isso estou com a minha gente”, referiu o empresário, que há 23 anos começou num espaço de pouco mais de 100 m2, e hoje acaba de abrir portas a uma grande superfície comercial na cidade, mantendo a sua base familiar.
Construído em tempo recorde, o novo supermercado Irmãos Gonçalves tem a particularidade de ter “deixado o dinheiro no concelho”, ou seja, quase todos os trabalhos e equipamentos foram adjudicados a empresas locais, o que, segundo os seus administradores, é também uma forma de reconhecerem o que o concelho tem feito por eles, nomeadamente os clientes que, apesar da concorrência, se têm mantido “fiéis” ao seu comércio tradicional. Também a Câmara Municipal mereceu uma referência do gerente, na medida em que “facilitou em tudo o que pode”, para o empreendimento estar pronto nos timings previstos, e não sofrer qualquer percalço em termos de construção.
Com cerca de 50 colaboradores diretos, a abertura do novo supermercado IG obrigou entretanto à contratação de mais uma dezena de trabalhadores, que vão distribuir-se pelas várias áreas de venda, já que todas foram ampliadas. “No outro espaço tínhamos um grave problema de espaço”, considera o investidor, olhando para o futuro como sempre fez, como timoneiro de uma grande equipa, que se meteu num barco que “não se pode deixar afundar”. Para 2013 estão já em marcha novos investimentos do grupo IG, nomeadamente na área do apoio à 3ª idade e “car wash”, este último como “complemento” ao posto de abastecimento de combustível, pertencente à empresa.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.