Marchas Populares de Oliveira do Hospital voltam a mobilizar milhares de pessoas em mais uma noite memorável

marchas populares

Marchas infantis e Seniores encantaram público.

O Parque do Mandanelho foi palco de mais uma noite memorável, com o desfile das Marchas Populares. Aquele que é um dos espetáculos mais aguardados do ano pelos milhares de pessoas que acorrem ao parque da cidade para assistir à atuação das marchas participantes, confirmou-se como a mais longa, mas também a mais bonita  noite do ano.

Três marchas infantis e nove seniores provenientes de várias localidades do concelho transformaram a noite de sábado num serão de cor, alegria e tradição.

Coube aos mais novos abrir o espetáculo das Marchas Populares do Município de Oliveira do Hospital com a presença de três instituições: Fundação Aurélio Amaro Dinis, Centro Social e Paroquial do Seixo da Beira e Obra D. Josefina da Fonseca que mais uma vez encantaram o público com as atuações das suas crianças.

Seguiram-se as nove marchas seniores que mais uma vez pautaram as suas atuações de elevada qualidade. Participam este ano: marcha da Arcial; Epto Marcha (Eptoliva); Marcha da Associação Cultural Oliveirenses & Amigos; Marcha das Seixas; Marcha da Associação Cultural e Recreativa de Lagares da Beira; Marcha da Junta de Freguesia de Meruge; Marcha do Rancho Folclórico e Cultural de Lagares da Beira; Marcha Popular da Sociedade Recreio e Cultura dos Povos de Galizes e Vendas de Galizes; e a Marcha da Sociedade de Defesa e Propaganda de Avô.

O evento tinha sido apresentado durante uma conferência de imprensa pelo presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino, e pela vereadora da Cultura, Graça Silva, com a presença dos representantes das marchas envolvidas, que deram conta do trabalho desenvolvido resultante do esforço e envolvimento das comunidades para que, no dia do desfile,  cada uma das marcha brilhe e arranque fortes aplausos do público.

Coube à vereadora Graça Silva apresentar as novidades da edição 2019 – cuja apresentação esteve a cargo de Liliana Lopes e José Conde, com transmissão em direto através das redes sociais para todo mundo – que contou apenas com marchas provenientes do concelho, sendo que no grupo das doze houve duas estreantes. “Temos um número de marchas seniores participantes bastante elevado, será até o ano em que há mais marchas seniores envolvidas” assim como “muita gente envolvida a participar”, afirmou, falando em 800 marchantes, sendo que duas centenas participaram nas infantis.

Depois de mais uma noite memorável no parque do Mandanelho, o presidente da Câmara não tem dúvidas que “as marchas populares são a melhor noite de Oliveira do Hospital” por toda as pessoas que envolve e pelo público fiel que mobiliza ano após ano. Dando conta que o orçamento para a realização do evento se cifra nos 22 mil euros, o autarca agradeceu “o esforço das marchas envolvidas bem como a todos aqueles que, dentro das instituições, são a mola mobilizadora para que as mesmas participem” ano após ano neste evento. “É isto, também, que nos distingue como concelho”, concluiu.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.