Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior conheceu de perto trabalho do Politécnico de Coimbra – instalações da ESTGOH poderão ser financiadas em quadro comunitário

Visita Ministro Ciência ao IPC

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, visitou no dia 7 de maio, o Instituto Politécnico de Coimbra (IPC), onde contactou de perto com a instituição, para conhecer de forma mais aprofundada a sua ligação territorial, nomeadamente no que diz respeito à formação e ligação com as empresas e ao trabalho desenvolvido em várias áreas de investigação.

O membro do Governo visitou as instalações de três escolas do IPC – ESAC, ESTeSC e ISEC -, conversando com dirigentes, docentes, investigadores e alunos, e elogiou o trabalho que está a ser desenvolvido pelo IPC, quer na oferta pedagógica quer na sua ligação à comunidade. Manuel Heitor referiu a aposta do Governo no aumento dos estudantes com ensino superior e da formação de adultos, “que é uma oportunidade para instituições como o Politécnico de Coimbra”.

O Ministro desafiou também o Politécnico a aumentar a relação ao território, autarquias e empresas, e aumentar a ligação mesmo dentro do Politécnico com as escolas, o que vai ao encontro do esforço já realizado por esta Presidência na interligação com as escolas e com a sociedade civil, autarquias e empresas, o que, para o Presidente do IPC, “veio reforçar e dar um novo alento” para continuar a desenvolver esta estratégia. Para Jorge Conde, o responsável do Governo ficou também “mais consciente da nossa realidade, e das dificuldades que atravessamos em termos humanos”. “Nós precisamos obrigatoriamente de reforçar o nosso corpo de não docentes, para nos ajudar a cumprir a nossa missão”, refere, dado como exemplo o caso dos Serviços de Ação Social, que precisa  a curto prazo de cerca de 20 pessoas, nomeadamente para as cantinas, “porque o IPC é das poucas instituições de Ensino Superior que assume a gestão das próprias cantinas”.

Outro dos temas abordados foi a necessidade de reabilitação do património do IPC, em especial das escolas com infraestruturas mais antigas. “Estamos para iniciar a obra de reabilitação da cantina do ISEC e também da cantina da ESEC e de todas as residências. Para além disso, queremos iniciar ainda este ano a recuperação da Casa do Bispo e, a muito curto prazo, vamos ter necessidade de começar a reabilitar alguns destes edifícios do Politécnico de Coimbra”, referiu, nomeadamente a Escola Agrária, a ESEC e o ISEC. Segundo Jorge Conde, será necessário criar um plano a 10 anos para desenvolver este trabalho.

Ainda na área do património, foi abordada a necessidade de criar instalações próprias para a ESTGOH – Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital, procurando “encontrar pontes entre a região e o Governo Central” de forma a ser garantido o financiamento necessário, bem como a questão da pouca capacidade de alojamento dos estudantes que optam por aquela escola. A solução para os dois problemas poderá passar por um financiamento no próximo quadro comunitário, numa parceria com a autarquia de Oliveira do Hospital, adiantou.

Durante o dia, o Ministro da Ciência visitou a ESAC – Escola Agrária de Coimbra, nomeadamente laboratórios e oficinas tecnológicas, onde obteve informação sobre o investimento feito em projetos de investigação e a prestação de serviços realizada por aquela escola para diversas empresas e industriais.

Seguiu-se a ESTeSC – Escola Superior de Tecnologia da Saúde, onde o responsável teve oportunidade de conhecer um pouco de todas as áreas de formação daquela escola – Ciências Biomédicas Laboratoriais, Fisiologia Clínica, Fisioterapia, Radiologia, Dietética, Farmácia, Imagem Médica e Radioterapia e Saúde Ambiental – e de tomar contacto com os projetos de investigação em curso e de serviço à comunidade desenvolvidos.

No ISEC – Instituto Superior de Engenharia de Coimbra, foram visitadas as oficinas das áreas mecânica e civil e apresentados os projetos mais relevantes em desenvolvimento.

Finalmente, o Ministro teve oportunidade de reunir com o Conselho de Gestão, com a presença da Presidente do Conselho Geral, do Presidente do IPC, Vice-Presidentes, Pró-Presidentes, Presidentes das Unidades Orgânicas, Representante dos Estudantes, Representante do Pessoal Não Docente, Diretor do IIA – Instituto de Investigação Aplicada e Provedora dos Estudantes.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.