Ministro das Infraestruturas aponta Oliveira do Hospital como um “bom exemplo” de reconstrução pós incêndio

Folha do Centro - Ministro das Infraestruturas aponta Oliveira do Hospital como um "bom exemplo" de reconstrução pós incêndio

Pedro Marques visitou três casas de habitação permanente já recuperadas, nas freguesias de Lagares da Beira, S. Gião e Alvoco das Várzeas.

O Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, visitou esta quarta feira algumas casas já recuperadas depois do grande incêndio do dia 15 de outubro, no concelho de Oliveira do Hospital, considerando mesmo este Municipio um “excelente exemplo” do que deve ser a reconstrução desta região no pós incêndio. “Este é um concelho que está bastante à frente nesta matéria”, afirmou o governante enquanto testemunhava a recuperação, em tempo recorde, de uma habitação permanente em Alvoco das Várzeas, que ficou sem telhado e sem janelas na trágica noite de 15 de outubro.

Antes disso, o Ministro teve oportunidade de passar por Lagares da Beira e pela localidade de Parceiro, em S. Gião, verificando igualmente a recuperação de duas habitações atingidas pelo fogo. Num trajeto que impressiona pela devastação e pelo negro da paisagem, o governante garantiu que daqui para a frente “o fundamental é reconstruir as nossas aldeias e a vida das nossas comunidades”, alocando para aqui os recursos financeiros que “forem necessários”. “Sabemos que tivemos uma tragédia com um impacto brutal e evidente até na perda de vidas humanas, e o que queremos é dar este sinal de que o país está a agir”, afirmou, não tendo dúvidas que “o caso de Oliveira do Hospital é um excelente exemplo” no que diz respeito à reconstrução de habitações, havendo já nesta altura mais de uma dezena de casas intervencionadas no concelho. “Há bem mais de uma dezena de habitações em reconstrução, pequenas reparações concluidas, reparações importantes como é a construção de um telhado e de umas janelas”, fez notar o Ministro, pretendendo, a partir de Oliveira do Hospital, “dar um sinal ao país” de como “o país está junto para reconstruir a região Centro”. “É este sinal que queremos dar ao país, um sinal de esperança de que as pessoas e as empresas afectadas pelo incêndio já estão a levantar-se” e “nós não deixaremos de apoiar essa reconstrução”, assegurou na sua deslocação a um dos territórios mais afetados pelo violento incêndio de 15 de outubro.

E se na recuperação de habitações, o Municipio oliveirense foi apontado pelo Ministro como “um bom exemplo”, também no caso das empresas Oliveira do Hospital tem andado à frente, segundo o Ministro do Planeamento, que destacou a criação já esta semana de um gabinete local para apoio aos empresários afetados, que terá como objetivo ajudar os investidores a “tratar das soluções para os seus problemas”. “Aquilo que nós queremos é ver as empresas a laborar e há já empresas que já retomaram a laboração”, pode constatar o Ministro das Infraestruturas, querendo com a sua presença em Oliveira do Hospital, deixar um sinal às pessoas de que o Governo “não deixará de fazer o que deve ser feito” para reconstruir estes territórios.

Também o presidente da Câmara, José Carlos Alexandrino, fez notar o trabalho que tem vindo a ser feito, desde o dia 16, em matéria de reconstrução das habitações ardidas e são cerca de 128 só habitação permanente, lembrando a Pedro Marques que, apesar da tragédia sem precedentes que assolou o concelho “ninguém dormiu debaixo da ponte”, nem “ninguém ficou para trás”.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.