Moda e Glamour invadiram Bobadela

Folha do Centro - Moda e Glamour invadiram Bobadela

Anfiteatro Romano foi palco de uma mega produção que contou com a presença de cerca de 120 modelos entre manequins profissionais e atores.

O Anfiteatro Romano da Bobadela transformou-se na noite de 6 de julho numa mega “passarelle”, onde desfilaram mais de 120 modelos, entre manequins profissionais e figuras conhecidas dos media nacionais. Tratou-se da terceira edição do Moda Bobadela que, este ano, contou ainda com mais lojas participantes e empresas de confeções, naquele que foi também o primeiro de três desfiles de moda agendados para esta semana.

Uma mega produção organizada pela ADI – Agência de Desenvolvimento Integrado de Oliveira do Hospital e Tábua, em parceria com o Município oliveirense que teve, uma vez mais, como objetivo a promoção do comércio local e a afirmação de Oliveira como a capital da “moda e da confeção”.

Além do estimulo às compras no comércio tradicional e de rua, o evento visa também chamar a atenção para o valioso património arqueológico existente na Bobadela, nomeadamente o seu anfiteatro romano que é um dos exemplares únicos não só no país como na Peninsula Ibérica.

“É um património que é único e tem um valor incalculável”, realçou o presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, aproveitando o “ambiente de fama e glamour” para alertar para a necessidade do governo ajudar a dar uma maior visibilidade a este legado da época romana. “A secretaria de Estado da Cultura tem obrigação de nos arranjar verbas do QREN para divulgarmos este património”, afirmou o edil, não tendo dúvidas que a Bobadela é uma “joia da coroa” do concelho que precisa de ser mais conhecida para ser “vendida” como destino turístico.

foto: Nando Duarte

(leia mais na edição impressa)

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.