Município de Oliveira do Hospital está a realizar obras na rede hidrográfica do concelho

rede hidrográfica

Fruto de um protocolo de colaboração no valor de cerca de 450 mil euros para investimentos a realizar na rede hidrográfica do concelho, assinado pelo presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), estão  a ser realizados vários investimentos na rede hidrográfica do concelho.

“O projeto, que representa um investimento de 450 mil euros, com o financiamento a ser suportado a  100 por cento ao abrigo do Fundo Ambiental e por intermédio da APA, vai permitir a intervenção da Câmara Municipal em zonas afetadas pelos incêndios de 15 de outubro de 2017, como praias fluviais, açudes e outro tipo de infraestruturas de zonas ribeirinhas”, adianta em comunicado a autarquia oliveirense.

Sublinhando que a “preservação da rede hidrográfica do concelho e dos ecossistemas são absolutamente fundamentais para a promoção do turismo de natureza”, José Carlos Alexandrino observa também que este protocolo “permitirá ainda realizar intervenções em margens e nos taludes, tendo em vista a diminuição do risco de erosão e a minimização do efeito das cheias e inundações”.

Explicando que nos rios que atravessam o concelho de Oliveira do Hospital, “destacam-se interessantes galerias ripícolas com corredores ecológicos, acompanhando linhas de água, o autarca destaca também a importância deste investimento de 450 mil euros ao nível da prevenção, porque uma rede hidrográfica limpa é uma importante barreira na propagação de incêndios”.

A elaboração dos projetos, é da responsabilidade da APA e as obras de reabilitação e requalificação dos ecossistemas ribeirinhos, que ficarão concluídas este ano, estão em curso nos rios Mondego, Alva, Alvoco, Seia e Cobral.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.