Museu Municipal Dr. António Simões Saraiva assinalou 13.º aniversário

Aniversário Museu Municipal

O Museu Municipal Dr. António Simões Saraiva, na Bobadela, assinalou, esta semana, o 13.º aniversário com a dinamização de uma tertúlia sobre “Recordações de Abril” a que se seguiu uma oficina de expressão plástica, “Vem construir um cravo”. A iniciativa, acompanhada pela vereadora da Cultura, Graça Silva, contou com a participação dos utentes das IPSS, Centro Paroquial de Solidariedade Social da Bobadela e de Santa Ovaia, e dos alunos do 1.º CEB de Travanca de Lagos.

A iniciativa que permitiu o convívio intergeracional e constituiu um momento em que as “Recordações de Abril” falaram mais alto, assinalou não só o 13.º aniversário deste espaço municipal, inaugurado a 16 de abril de 2005, como marcou o arranque das comemorações do 44-º aniversário do 25 de Abril de 1974 no concelho de Oliveira do Hospital, que se estendem até ao final do mês.

Idealizado por António Simões Saraiva que reorganizou espaços, restaurou peças e as distribuiu pelas salas, o antigo presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital esteve também presente na celebração do aniversário do Museu Municipal que guarda interessantes obras de pintura e escultura, oleografias, gravuras e significativos apontamentos etnográficos com pelas doadas por participares da Bobadela e de outras localidades do concelho.

O Museu Municipal Dr. António Simões Saraiva ocupa o antigo solar onde viveu, no princípio do século XIX, o general Gomes Freire de Andrade, e é guardião de obras de arte e coleções de teor etnográfico, oferecendo ao visitante uma verdadeira viagem no tempo. É constituído por uma diversidade de espaços: tem uma sala dedicada à escultura de mestres como Simões de Almeida, Soares dos Reis, entre outros; uma sala dedicada a esculturas em madeira do escultor concelhio, Zeferino Monteiro; uma sala dedicada a Macau; salas com a reconstituição de espaços como o gabinete de trabalho de Brás Garcia de Mascarenhas e o antigo Tribunal de Oliveira do Hospital, bem como a reconstituição dos trajes e principais ofícios e atividades económicas da região nos finais do século XIX e primeira metade do século XX.

Este espaço museológico é ainda palco de diversas iniciativas que se desenrolam ao longo do ano, acolhendo exposições, tertúlias, visitas guiadas, entre outras iniciativas de que é exemplo a “A Peça do Mês” que destaca, mensalmente, um objeto diferente do acervo deste Museu Municipal, procurando valorizar a qualidade e diversidade do seu espólio e potenciar a visitação do público.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.