“Não sou uma figura popularucha, mas sou uma mulher determinada”

Folha do Centro - “Não sou uma figura popularucha, mas sou uma mulher determinada”

A candidata do PSD, Cristina Oliveira endureceu as críticas ao adversário, José Carlos Alexandrino, no convívio das Caldas de S. Paulo.

Foi numa intervenção claramente virada para o seu principal rival político – o atual presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, que Cristina Oliveira se dirigiu aos militantes e simpatizantes do PSD, no decorrer do tradicional convívio social democrata nas Caldas de S. Paulo.

Uma festa onde foi mais uma vez visível um PSD sem “pesos pesados”, e sem as habituais figuras de referência concelhias, mas onde não faltaram as críticas à gestão socialista da autarquia. Foi para o atual presidente do Município, José Carlos Alexandrino que a candidata laranja apontou baterias, criticando nomeadamente os “investimentos festivos” deste executivo que, em sua opinião, “são o sorvedouro dos dinheiros municipais”.

“Está a chegar o momento de pedir contas a este executivo, tenho assistido a um clima de terrorismo psicológico exercido sobre quem depende da autarquia, com o qual não posso compactuar”, afirmou, na sua intervenção política, apelando aos apoiantes da sua candidatura para não se deixarem intimidar, pois, garantiu “não vos abandonarei”, nem “desprezarei aqueles que lutam ao meu lado”.

Confessando não ter a “experiência política” de alguns, Cristina Oliveira, garante todavia ter um projeto “ambicioso” para Oliveira do Hospital e acima de tudo, um projeto “realista”, assente no desenvolvimento empresarial e na promoção do turismo como setor âncora do concelho. (leia mais na edição impressa)

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.