Obras de Requalificação da envolvente à Central de Camionagem já começaram

Obra requalificacao

Cidade vai ter novas zonas de estacionamento de ligeiros e pesados.

Estão já em curso as obras de requalificação da Zona Norte da cidade. Inseridas no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) estas intervenções têm como objetivo a execução de um conjunto de espaços destinados a melhorar e completar os acessos à Central de Camionagem, ao Pavilhão Gimnodesportivo e ao Cemitério e área envolvente a norte no centro de Oliveira do Hospital.

Com um custo de 807 667,33 €, financiadas em 85%, as obras visam essencialmente qualificar toda aquela zona da cidade, dotando-a de áreas de circulação automóvel, de estacionamento e de tratamento de zonas verdes de proteção.

O projeto contempla, desde logo, a criação de um parque de estacionamento de apoio ao Pavilhão Gimnodesportivo, à Central de Camionagem e ao Mercado Municipal, constituído por 40 lugares de estacionamento de veículos ligeiros. É ainda contemplada a pavimentação da via atualmente existente em terra batida para acesso à Central de Camionagem, permitindo o parqueamento de 72 veículos ligeiros e de três veículos pesados de passageiros. Esta via dará acesso direto ao quartel dos Bombeiros Voluntários que com ela confina e a uma via de acesso ao cemitério, vencendo a diferença  de nível atualmente existente, possibilitando a manobra para a circulação de veículos de funerais e estacionamento para acompanhantes num total de 38 lugares para veículos ligeiros.

Além destas vias, é ainda criada uma via paralela à rua Engº António Campos, aproveitando parcialmente uma via anteriormente existente, permitindo a criação de mais lugares de estacionamento, desta feita, para veículos pesados, num total de nove lugares.  A intervenção compreenderá a existência de passeios e caminhos pedonais com escadarias e rampas, de modo a vencer os desníveis e a cumprir a legislação no que toca às acessibilidades.

Na zona do cemitério e aproveitando a diferença de níveis da plataforma de acesso ao mesmo e à rua que com ele confina a poente, vai ser criada uma zona de arrumos que inclui a construção de instalações sanitárias para os funcionários daquele espaço.

Com esta obra que tem um prazo de execução de seis meses, a Câmara Municipal resolve assim de forma imediata o problema da falta de lugares de estacionamento na cidade, nomeadamente o parqueamento de veículos pesados, que não têm um local próprio para estacionar, ocupando muitas vezes vários lugares de estacionamento em zonas habitacionais da cidade.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.