Oliveira do Hospital afirma-se como capital do Queijo Serra da Estrela

Folha do Centro - Oliveira do Hospital afirma-se como capital do Queijo Serra da Estrela

Festa do Queijo recebeu milhares de visitantes.

A cidade de Oliveira do Hospital abriu as portas à Feira do Queijo Serra da Estrela, confirmando, uma vez mais, o sucesso deste certame, que é já considerado um dos maiores eventos gastronómicos do país.

Aposta ganha revelou-se também o regresso desta feira ao “coração da cidade”, e ao emblemático Largo Ribeiro Amaral que recebeu milhares de visitantes ao longo do primeiro dia. Com as temperaturas a ajudarem à festa, os cerca de 200 expositores presentes acabaram a tirar dividendos do movimento que se fazia sentir, mostrando-se satisfeitos com o negócio.

O presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino, realçou “a grande jornada de promoção“ que Oliveira do Hospital pretende com este evento que é também “uma homenagem a todos os pastores e queijeiras que fazem este produto de excelência considerado uma das sete maravilhas da gastronomia portuguesa”. “Este ano trouxemos esta feira para o meio da cidade, achando que esta tem a ganhar com esta mudança porque assim o negócio é transversal a todo o comércio”, afirmou o autarca que recebeu a visita do secretário de Estado da Administração Local, e dos mais altos responsáveis de diversos organismos públicos, bem como presidentes de Câmara de toda a região.

Parceiro deste evento, o presidente do Turismo do Centro, Pedro Machado, foi uma das entidades presentes, felicitando a autarquia pela capacidade de organização de uma feira que ano após ano atrai cada vez mais pessoas, “captando gente do litoral para o interior à procura das iguarias desta região”. Pedro Machado sublinhou o “cuidado” do Município em “aproximar o centro da cidade, dos produtores e das pessoas”, o que faz com este evento “possa ser ainda maior” e ganhar mesmo “dimensão nacional”. O presidente do Turismo do Centro de Portugal não tem dúvidas que este evento “contribui verdadeiramente para posicionar a região de Oliveira e o próprio Centro de Portugal no conjunto da oferta turística nacional”, posicionando-se nomeadamente através de um produto diferenciador que é o queijo Serra da Estrela que “é um ex libris da nossa gastronomia”. “Este produto encerra um valor económico que acrescenta riqueza à região”, referiu ainda Pedro Machado, que se associou a esta “grande festa” em Oliveira do Hospital.

Também o secretário de Estado da Administração Local, Leitão Amaro, se congratulou por Oliveira saber “celebrar uma das melhorias iguarias portuguesas” e “um dos melhores produtos culinários portugueses”, o que justifica “a vinda de pessoas de todo o país”. “Oliveira do Hospital é hoje seguramente um das capitais gastronómicas e do desenvolvimento local do país” afirmou o governante que, sendo natural da região, não tem dúvidas que o desenvolvimento e a fixação de pessoas nestes territórios se fazem “a partir da terra e dos recursos que ela tem”. “O queijo Serra da Estrela é um desses exemplos que a todos nos deixa todos orgulhosos”, afirmou o secretário de Estado, julgando que é com iniciativas como a que “esta feira celebra” que “podemos acreditar que o Interior não está condenado e tem um caminho que se faz com os seus produtos”.

O primeiro dia da Feira do Queijo de Oliveira do Hospital ficou ainda marcado pelo 25º capítulo da Confraria do Queijo Serra da Estrela que este ano bateu recordes em termos de número de confrarias presentes, na sua já habitual cerimónia de entronização de novos confrades, a que se seguiu o banquete comemorativo das “bodas de prata” desta verdadeira “embaixadora” do queijo Serra da Estrela.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.