Oliveira do Hospital entregou medalhas de mérito “a quem as merece”

feriado municipal 7 outubro

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital cumpriu no sábado, em Dia do Município, a habitual homenagem a personalidades. Arménio Tavares, Francisco Martins, Orlando Gonçalves (a título póstumo), Manuel Gonçalves Alves e Maria Patrocínio Nunes receberam a Medalha de Mérito Municipal. A homenagem às cinco personalidades do concelho constituiu, mais uma vez, o ponto alto das comemorações do Dia do Município de Oliveira do Hospital.

Passada apenas uma semana da sua reeleição para o terceiro mandato na presidência da Câmara oliveirense, José Carlos Alexandrino deixou de lado o discurso político, preferindo “enaltecer os que são nossos” e aos quais agradeceu pelo “contributo” que têm dado ao concelho.

Na hora de homenagear os oliveirenses, o autarca notou uma diferença relativamente ao que era prática no passado, em que para se ser homenageado “era preciso ser doutor ou ter muito dinheiro.

“A minha visão é que qualquer pessoa que se tenha distinguido nas suas comunidades e tenha feito bem na sua terra seja um potencial homenageado”, afirmou o autarca, notando que “as medalhas não são para ricos, nem pobres, nem para laranjas ou rosas, vermelhos ou azuis. São para quem as merece”.

Para além da homenagem às cinco personalidades, a Câmara Municipal distinguiu Herculano Jerónimo com um voto de louvor pela dedicação, durante mais de 50 anos, à Filarmónica Avoense.

Também os melhores alunos do concelho no último ano letivo foram distinguidos: Beatriz Henriques (10º ano), João Albuquerque (11º), Inês Garcia (12º) João Saraiva (Eptoliva) e António Micael Campos (ESTGOH). Alunos que sobressaem pelas “médias mais altas” e que deixam descansado o presidente da Câmara Municipal, por verificar que “Oliveira do Hospital tem um grupo de jovens capazes de ajudar a construir um futuro melhor”.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.