Oliveira do Hospital promete a “melhor” e mais “mediática” Feira do Queijo de sempre

Folha do Centro - Oliveira do Hospital promete a “melhor” e mais “mediática” Feira do Queijo de sempre

Município antecipou, pela primeira vez, certame para o mês de fevereiro.

Promete ser a melhor e a mais mediática feira do queijo de sempre em Oliveira do Hospital e irá realizar-se mais cedo do que é habitual, estando agendada para os próximos dias 21 e 22 de fevereiro.

A antecipação da data do certame, que habitualmente acontece no mês de março, prende-se sobretudo com o objetivo de promover e de “vender” esta feira “mais a nível nacional”, uma vez que está já confirmada a emissão do popular programa da TVI “Somos Portugal”, a partir de Oliveira do Hospital, durante a tarde de domingo. Também a estação de rádio, TSF, já confirmou a emissão do conhecido programa Terra a Terra a partir do palco do certame, na manhã de sábado, o que para o presidente da Câmara oliveirense, José Carlos Alexandrino, dá garantias desta ser a mais “mediática” festa do queijo organizada até hoje no concelho, apesar de atualmente esta já se assumir como uma das “marcas fortes”, senão mesmo a “mais forte”, em termos de promoção do concelho de Oliveira do Hospital.

Um mediatismo que, segundo o autarca, não irá fazer disparar os custos com a realização do certame, que este ano deverá sofrer uma redução orçamental na ordem dos 10 mil euros. Isto porque o programa da TVI não terá qualquer custo “direto” com publicidade, a não ser as despesas com a instalação e as refeições do pessoal ligado à realização, o que de acordo com o autarca, poderá ainda “ficar a custo zero” se o Município conseguir o patrocínio de algumas empresas. “Temos condições para fazer a melhor feira e ao mesmo tempo encurtar o orçamento”, referiu Alexandrino, que todos os anos tem apostado em dar “uma nova vida” a este evento, tendo optado, por exemplo, por voltar a trazê-lo para o centro da cidade, depois de ter sido deslocado, durante alguns, para o terreiro da feira bimensal.

Apesar da feira e os seus expositores girarem em torno do largo Ribeiro Amaral, a autarquia pretende, este ano, levá-la também até ao renovado mercado municipal – espaço que durante vários anos acolheu o certame – com a realização de provas de queijo e de outros produtos locais de qualidade, na sala multiusos.

Para além da aposta na presença dos meios de comunicação social nacionais, a feira terá ainda outros “cartões de visita”, como a produção do maior requeijão do mundo com o objetivo de entrar no “Guiness Book”. Atrativos que levam o presidente da Câmara a acreditar que o certame será de novo um sucesso, preparando-se, á semelhança de anos anteriores, para acolher milhares de visitantes.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.