Praia Fluvial de Alvoco das Várzeas volta a “vestir-se” de azul

Folha do Centro - Praia Fluvial de Alvoco das Várzeas volta a “vestir-se” de azul

“Bandeira Azul” foi hasteada pelo segundo ano consecutivo

A praia fluvial de Alvoco das Várzeas volta a “vestir-se” de azul esta época balnear.

Banhada por um dos rios mais límpidos da Europa, a praia fluvial desta freguesia do sul concelho de Oliveira do Hospital conquista, assim, pelo segundo ano consecutivo, o galardão “Bandeira Azul”, atribuído pela Agência Portuguesa do Ambiente, ao mesmo tempo que renova o tíitulo de praia “acessível”, contando atualmente com um conjunto de infra estruturas que fazem desta uma das zonas de veraneio mais atrativas deste verão.

As bandeiras foram hasteadas no parque de apoio à praia fluvial, numa cerimónia que contou, sábado passado, com a presença de diversas entidades com responsabilidades políticas e ambientais, que se congratularam pela renovação deste galardão em Alvoco das Várzeas. Julgando que além dos equipamentos que se foram “introduzindo” de apoio aos banhistas que é a qualidade das águas do Alvoco que fazem desta uma praia com condições ambientais ímpares no concelho, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino não esconde a ambição de ver outras praias no concelho a merecerem este símbolo de qualidade. “Vamos ver se temos possibilidades de outras praias se poderem candidatar no futuro, embora estejam mais dependentes da qualidade da água do que propriamente das condições físicas dos espaços”, referiu o edil, fazendo ver que apesar do concelho hoje já não ter “nenhum foco de contaminação em relação às águas”, “há problemas a nascente que não são do concelho que precisamos de resolver”.

Aproveitando este foco de atração turística que é a Bandeira Azul, o autarca referiu-se ainda a um outro “potencial turístico” de Alvoco das Várzeas que são as suas levadas, cujo percurso gostaria de apresentar a um número significativo de pessoas, já em setembro, com a organização de uma mega caminhada na freguesia. “Acredito muito neste projeto – numa rota das levadas – que ninguém tem e que nós podíamos potenciar tal como fez a Madeira”, afirmou Alexandrino, preparando-se para trazer a Alvoco mais de 500 caminheiros, no âmbito de uma iniciativa que pretende dar a conhecer e divulgar alguns percursos pedestres junto a estes canais de rega ancestrais. Portanto, concluiu o autarca, “ é uma falsa questão dizer-se que Oliveira do Hospital não tem dinâmica económica, Oliveira não só tem dinâmica económica como tem dinâmica noutras áreas como o turismo, com um conjunto de investimentos públicos, como este que aqui foi realizado, que devem servir a iniciativa privada”.

Com responsabilidades acrescidas em relação à gestão e dinamização de todo o espaço envolvente à praia fluvial, o presidente da Junta de Freguesia de Alvoco não tem dúvidas que a partir de agora, tal como já tinha acontecido o ano passado, este local vai ser mais procurado pelos banhistas, que encontram nas águas transparentes do rio Alvoco o sítio ideal para se refrescarem e passarem alguns dias de puro lazer. Com um conjunto de infra estruturas de apoio aos banhistas construídas já este ano, e outras, como o bar da praia, que tinha sido requalificado o verão passado, Agostinho Marques acabou por deixar escapar algumas críticas à “arquitetura” pouco funcional deste espaço que já teve de sofrer melhorias para corrigir certas “deficiências” do projeto. Com uma praia fluvial com certificado de qualidade ambiental, o autarca deixa o apelo aos visitantes para que usufruam do espaço mantendo-o limpo, já que “valores mais altos” se levantam, agora, também em termos de manutenção.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.