Presidente da Junta de Freguesia de Travanca de Lagos pediu a demissão alegando “desgaste”

António Soares

António Soares diz que a sua decisão nada tem a ver com o relacionamento com a Câmara Municipal.

O presidente da Junta de Freguesia de Travanca de Lagos, António Soares, eleito nas últimas eleições autárquicas pelo PS, apresentou a demissão.

A carta com o pedido de demissão foi entregue, na semana passada, em mão ao presidente da Assembleia de Freguesia, António Vieira, que se mostrou surpreso com a decisão do autarca. “Não estava à espera de uma decisão destas. Hoje recebi uma carta que foi entregue em mão na minha residência, na qual ele apresenta a demissão, alegando que tudo tem um princípio e um fim e que este tinha sido um ano muito desgastante” afirmou à comunicação social, o presidente da Assembleia de Freguesia, que terá agora que convocar uma reunião deste órgão autárquico, para decidir quem irá ficar à frente dos destinos da freguesia.

Ao que tudo indica, poderá ser o número dois da lista, Ana Teresa Falcão de Brito, a assumir a presidência da Junta, já que o PS governa com maioria aquela Junta de Freguesia.

Na carta de renúncia a que tivemos acesso, o autarca agora demissionário considera “não estarem reunidas as condições mínimas para o exercício das funções para as quais foi eleito, nomeadamente o exercício das competências de presidente da Junta”, revelando, indiretamente, algum mau estar no seio da equipa. “Fruto de diversas circunstâncias não posso deixar que aspetos menores da vida, nomeadamente funcionais, relacionais e políticos, interfiram diretamente no meu bem-estar” fez notar o ex-presidente, fazendo questão de esclarecer que a Câmara Municipal não teve nada a ver com a sua decisão.

António Soares garante que teve sempre um bom relacionamento com a vereação e com o seu presidente, José Carlos Alexandrino, assim como com os membros da Assembleia Municipal e da “sua” Assembleia de Freguesia.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.