PSD de Oliveira do Hospital tem novo presidente

Folha do Centro - PSD de Oliveira do Hospital tem novo presidente

Nuno Vilafanha foi eleito com 79 votos, contra 58 obtidos pelo seu adversário Rui Fernandes.

O PSD de Oliveira do Hospital tem um novo presidente. Nuno Vilafanha é o líder que se segue à frente da Comissão Politica Concelhia que, foi a votos sábado passado, com duas listas na “corrida”.

Apesar de ter confirmado a candidatura praticamente só nas vésperas das eleições, o jovem deputado municipal ganhou por uma diferença de 20 votos em relação ao seu adversário, Rui Fernandes, que já tinha uma lista no “terreno” composta por vários ex autarcas do PSD e antigos lideres da Secção Concelhia.

A acompanhar Nuno Vilafanha na nova Comissão Politica estão alguns nomes que integraram as listas do PSD nas últimas eleições autárquicas, sendo que para a mesa da assembleia, surge novamente o nome de Nuno Tavares Pereira, filho do conhecido empresário Fernando Tavares Pereira, cujo apoio público à candidatura de José Carlos Alexandrino nas autárquicas de setembro foi sobejamente conhecido.

Marcadas uma vez mais pela divisão interna, estas eleições acontecem numa altura em que o PSD local se encontra ainda a digerir a maior derrota eleitoral autárquica alguma vez registada no concelho, com a eleição de apenas um vereador à Câmara Municipal e cinco deputados municipais.

Com ligações familiares e políticas ao seu antecessor na Concelhia, Nuno Vilafanha, recusa todavia a “colagem” à anterior Comissão Politica liderada por António Duarte, tendo afirmado ainda em campanha que pensa com a própria cabeça e dos militantes que o apoiaram no projeto, que “são um grupo grande e abrangente”. Vilafanha lamentou, de resto, que o momento que o PSD local atravessa depois da pesada derrota nas últimas autárquicas, não tenha sido aproveitado juntar as várias “correntes” do partido, e que os seus adversários tenham avançado com uma lista sem primeiro esgotarem todas as possibilidades de diálogo com outro “grupo de pessoas”. Independentemente dos que os dividiu nesta corrida à liderança da estrutura local, Nuno Vilafanha espera a partir de agora poder trabalhar com todos para “levar o partido a bom porto”, registando com agrado, o facto destas eleições terem decorrido sem incidentes, “contrariamente ao que se verificou no passado”. (leia mais na edição impressa)

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.