Queijos Lagos deslocam produção para Zona Industrial de Seia

Folha do Centro - Queijos Lagos deslocam produção para Zona Industrial de Seia

Investimento de 1,2 milhões de euros.

A queijaria Lagos, com sede em Meruge, prepara-se para deslocalizar a produção para o vizinho concelho de Seia, mais concretamente para a Zona Industrial da Abrunheira, em Vila Chã. As novas instalações da empresa, actualmente nas mãos do jovem oliveirense Luís Lagos, estão já em fase adiantada de construção, tendo recebido na semana passada, e antes mesmo da sua inauguração, a visita do presidente da Câmara de Seia, Filipe Camelo, que tem estado a promover uma espécie de “presidência aberta” dedicada às áreas do emprego e empreendedorismo.
Estimadas em 1,2 milhões de euros, as obras deverão estar concluídas em Setembro deste ano, correspondendo às necessidades de espaço sentidas pela empresa, que tem vindo a aumentar de ano para ano o volume de negócios, tendo ultrapassado já a “barreira” do milhão de euros.
Com presença assegurada nas principais cadeias de distribuição alimentar nacionais, os queijos Lagos foram “PME Excelência” em 2012, tudo apontando para que a “curva de crescimento” se mantenha nos próximos anos, com a capacidade de produção instalada na nova unidade de Seia. A perspectiva é chegar a novos mercados, e expandir as exportações, que actualmente representam10% da facturação da empresa. Numa primeira fase, a queijaria vai criar uma dezena de novos postos de trabalho, mantendo “activa” a fábrica de Meruge que, segundo o seu administrador, poderá ficar vocacionada para a produção artesanal de queijo. A ideia, segundo Luís Lagos, é transformar a pequena unidade existente na freguesia numa “academia do queijo”, onde os visitantes poderão conhecer o ciclo de produção do queijo serra da Estrela e apreciar esta maravilha da gastronomia portuguesa, com o rótulo Lagos.
Além de possibilitar a expansão do negócio, a nova unidade de produção vem ao mesmo tempo responder às exigências de um setor agro alimentar cada vez mais moderno e inovador.
Durante a visita às futuras instalações da empresa responsável no mercado pela marca “Queijos Lagos”,o presidente da Câmara Municipal de Seia, Filipe Camelo, afirmou tratar-se de “um excelente exemplo neste setor de atividade, onde o concelho de Seia continua a liderar, através de empresários criativos e inovadores, que conjugam tradição com inovação, aliando o saber fazer às melhores técnicas de fabrico”.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.