“Roubo” do Curso de “Marketing” só espanta quem anda distraído

Folha do Centro - “Roubo” do Curso de “Marketing” só espanta quem anda distraído

Candidato da CDU não tem dúvidas que a ESTGOH está sob asfixia há já alguns anos.

O Candidato da CDU à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, João Dinis, garante que o recente “roubo” do “curso de marketing” à ESTGOH só “espanta quem anda distraído”, pois “ há alguns anos que esta escola está sob asfixia”. Num comunicado enviado à imprensa o cabeça de lista da CDU lembra as sucessivas chamadas de atenção e constantes alertas para este processo, nomeadamente nas suas intervenções na Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, onde por diversas vezes utilizou até a expressão: “ponha-se o Município a pau que, com estas políticas, a ESTGOH é para encerrar!”.

João Dinis lembra que além destes avisos públicos, a da CDU “saíram ainda múltiplos apelos para a Câmara com o objetivo da autarquia mobilizar, em primeiro lugar, as “forças vivas” e a População da Cidade e do Município para a defesa firme e intransigente da ESTGOH tal como a queremos ter e desenvolver”. Ora, “estes nossos apelos não foram escutados ou foram subestimados. E o resultado aí está de novo e só pode surpreender quem andar distraído” lamenta o candidato, para quem não restam dúvidas que neste caso, a “COMPETÊNCIA INSTITUCIONAL PELO ENCERRAMENTO OU ABERTURA DE CURSOS NA ESTGOH, É DO PRESIDENTE DO POLITÉCNICO DE COIMBRA”.

“Assim está claramente definido no Artigo 92º – b)da Lei nº 62/2007 de 10 de setembro, a lei do “regime jurídico das Instituições do ensino superior” aprovada na Assembleia da República”, esclarece João Dinis, não tendo dúvidas que o presidente do IPC é “o mais próximo responsável pela malfeitoria”.
De facto, acentuou-se desde há já alguns anos o processo de asfixia – morte lenta – da ESTGOH, Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital.
João Dinis lembra além os efeitos colaterais do encerramento do curso de “marketing” ministrado na ESTGOH, já que com a extinção desta licenciatura corre-se o risco “do importante curso de “Finanças” também ficar seriamente comprometido porque há muitos alunos que frequentam ambos”. “Eis uma situação muito complicada também porque alguns dos docentes mais qualificados da ESTGOH vão “migrar” para Coimbra atrás do curso de Marketing”, alerta, desde já, para depois ninguém ser apanhado de surpresa.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.