Sociedade Recreativa Lealdade Sampaense (SRLS) comemorou 110 anos de atividade

Aniversário SRLS

José Francisco Veloso, presidente da direção do Sampaense, reeleito recentemente para um terceiro mandato, faz um balanço positivo do percurso da coletividade que lidera, que entende ter sido particularmente “rico” graças à ajuda do benemérito Serafim Marques, já falecido, que “ajudou a criar diversas infraestruturas”, de que são exemplo o Pavilhão e a Creche.

Francisco Veloso destaca nomeadamente a projeção alcançada com a secção de basquetebol, mas também outras valências como o Rancho Folclórico Sampaense, o grupo de teatro “A Semente”, a hidroterapia e a música.

No almoço comemorativo do 110º aniversário da SRLS, a direção aproveitou para homenagear dois sócios, também eles beneméritos: o conhecido empresário e dirigente do rancho folclórico, Manuel Madeira Mendes e o igualmente conhecido empresário dos “Tecidos de Coimbra”, Jorge Mogo, que segundo José Francisco Veloso“ tem sido uma pessoa amiga” da SRLS e nomeadamente da sua secção de basquetebol, ele que também já foi atleta e dirigente desportivo.

Para o novo mandato, José Francisco Veloso aposta na manutenção das atuais valências, nomeadamente na melhoria das suas infraestruturas, como o pavilhão, o parque infantil, bem como a piscina que apresenta graves problemas estruturais.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.