Surto de gastroenterite leva mais de 60 pessoas aos serviços de urgência em Oliveira do Hospital

Folha do Centro - Surto de gastroenterite leva mais de 60 pessoas aos serviços de urgência em Oliveira do Hospital

Mais de 60 pessoas, a maioria crianças e jovens, deram entrada entre a noite e o dia de hoje, nos serviços de urgência em Oliveira do Hospital, com sintomas de vótimos e diarreias, tudo apontando para um surto de gastroenterite que está a afetar sobretudo a população escolar do concelho.

A informação foi confirmada já esta tarde pelo coordenador do Centro de Saúde, Álvaro Luís, que diz tratar-se de um número de atendimentos fora do comum, mas de gravidade ligeira. “Trata-se de um gastroenterite virosal”, aponta o clínico, explicando que o contágio em espaço escolar é relativamente fácil, e daí o número de casos que tem acorrido nas últimas horas aos serviços de saúde.

De acordo com os sintomas apresentados pela maioria dos utentes, o médico exclui a hipótese de intoxicação alimentar ou qualquer outra causa relacionada com o consumo de água da rede pública. “É virosal”, garante o clínico, aconselhando a população a arejar os espaços, fazer hidratação, e só em casos mais graves é que deve dirigir-se aos serviços de saúde.

Provavelmente na sequência deste surto, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital emitiu já um comunicado a tranquilizar a população, garantindo que “a água de abastecimento público que está a ser distribuída aos munícipes, em todas as zonas do concelho, cumpre com os parâmetros de qualidade exigidos por Lei, podendo por isso ser consumida sem qualquer restrição”.

A autarquia frisa ainda que “o Serviço de Águas e Saneamento do Município de Oliveira do Hospital está a monitorizar, constantemente, a qualidade da água que é fornecida na rede”, pelo que “todas as análises efetuadas comprovam o fornecimento de água potável”.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.