Turismo de natureza tem sido âncora na promoção de Tábua

Folha do Centro - Turismo de natureza tem sido âncora na promoção de Tábua

Autarquia aposta cada vez mais nos trilhos e percursos pedestres como forma de divulgar concelho.

Se há motivos de visita a Tábua, os seus trilhos e percursos pedestres são sem dúvida um deles, assumindo-se atualmente como uma das maiores atracões turísticas do concelho.

Quem o atesta é a vereadora Ana Paula Neves que, apesar de realçar a riqueza e diversidade do património edificado do concelho, não duvida que o património natural é um dos expoentes máximos de Tábua. “O turismo natureza atrai cada vez mais turistas e nós sentimos isso sobretudo com o BTT”, garante a autarca, lembrando que Tábua, graças aos seus trilhos únicos, se tem vindo a transformar numa “meca” para os amantes das duas rodas e do “todo terreno”. “O BTT, nomeadamente a associação MKMáquinas tem sido um grande embaixador do concelho nesta área”, trazendo ao concelho milhares de pessoas não só no dia das provas, mas ao longo de todo o ano. “Há maior concentração no dia da maratona, mas a seguir não para de vir gente”, observa a vice-presidente da autarquia tabuense, lembrando o impacto que este “cartaz” tem cada vez mais em termos de ocupação das unidades de alojamento local e na própria restauração.

Afirmando-se como uma marca turística cada vez mais forte, o turismo de natureza vai ganhar brevemente novos atrativos, com a certificação, segundo a vereadora, de dois “belíssimos” percursos pedestres, permitindo aos visitantes novas e inesquecíveis experiências. Apesar de “silencioso”, Paula Neves considera que a autarquia não tem dispensado o trabalho de promoção do concelho, tendo apostado nomeadamente na contratação de um guia turístico com o objetivo de proporcionar a quem visita o concelho, visitas guiadas ao património classificado de Tábua. A inauguração de um posto de turismo e uma loja de aldeia – integrada na rede das Aldeias de Xisto – é outra das apostas da Câmara Municipal para melhorar a divulgação do concelho e dos seus locais de interesse turístico, já que “o nosso concelho é cada vez mais procurado”.

Neste aspeto, a autarca também não tem dúvidas: “a rede das Aldeias de Xisto tem sido uma porta de entrada para o crescimento do turismo nesta região” e como tal, “temos de criar condições a quem nos visita” diz. Com o objetivo de potenciar o número de visitantes e projetar um dos produtos mais genuínos desta região, a Câmara Municipal prepara-se para inaugurar até ao final do ano o Centro Interpretativo do Queijo Serra da Estrela, em Vila Chã, e ainda o Centro Interpretativo do Mundo Rural, no edifício do antigo matadouro, em Tábua. Dois investimentos, com apoios comunitários que, no entender da vereadora, deverão servir para potenciar o setor turístico no concelho.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.