Jovem de Lagares da Beira morre em acidente de viação

Folha do Centro - Uma jovem de Lagares da Beira faleceu num acidente no concelho de Seia

Sandra Damião seguia viagem rumo a Seia, onde trabalhava. A jovem era praticante de atletismo.

Uma jovem de 34 anos, residente em Lagares da Beira, faleceu na sequência de um despiste, na localidade de Várzea de Meruge, no vizinho concelho de Seia. Sandra Damião, solteira, que completava 35 anos no dia 5 de fevereiro, ter-se-á despistado quando fazia o percurso em direção ao seu local de trabalho, no Contact Center da EDP, em Seia. Numa curva terá perdido o controlo da viatura, entrou em despiste, capotou e embateu contra uma árvore.

A população ter-se-á apercebido de um estrondo, que poderia ter sido provocado pelo acidente, muito embora não tenham feito a associação, sendo o alerta dado posteriormente, segundo o comandante dos Bombeiros de São Romão, António Barata, que acorreram ao local do acidente. Todavia, já nada havia a fazer.

A jovem era uma conhecida praticante da modalidade de atletismo, tendo começado a sua carreira no Clube Atlético de Oliveira do Hospital, com o qual também colaborou, e competia, atualmente, como atleta federada com a camisola de ACRSD – Associação Cultural e Recreativa da Senhora do Desterro, de São Romão, Seia.

O técnico, responsável pela sua orientação, Nuno Amaro, também proprietário de um ginásio, em Oliveira do Hospital, onde Sandra Damião treinava, lamentou o destino trágico da jovem, lembrando «a paixão» desta pelo atletismo, as dificuldades que juntos ultrapassaram e o «sonho» do atletismo que Sandra Damião acalentava. Um dia fatídico que deixou consternados familiares e amigos, que se multiplicaram em manifestações de pesar pelo desaparecimento precoce da jovem. «Estamos todos chocados com o que aconteceu à Sandra. Nunca esperamos que aconteça algo assim a alguém que nos é tão próximo», dizia um amigo da jovem, definida como uma «pessoa simpática, bem disposta e muito esforçada».

No local do acidente estiveram três viaturas dos Bombeiros de Seia e a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV), que transportou a vítima para o Hospital de Seia, onde foi declarado o óbito. O corpo de Sandra Damião foi transportado para o Instituto de Medicina Legal da Guarda, onde foi autopsiado. A GNR tomou conta da ocorrência e está a investigar as causas do acidente.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.