Vão ser plantadas duas mil árvores no Dia Mundial da Floresta

Folha do Centro - Vão ser plantadas duas mil árvores no Dia Mundial da Floresta

O Município de Oliveira do Hospital vai assinalar o Dia Mundial da Floresta com a iniciativa “Plantar Árvores, Fazer Florestas!” que se vai desenrolar nos dias 19 e 20 de março. Nesta ação com o mote “Plantar um Amigo” serão plantadas duas mil árvores em 2,5 hectares de terreno, envolvendo perto de 600 alunos do 1.º ciclo do ensino básico (CEB), entre os participantes.

Na quinta-feira, dia 19, às 9H30 terá início a ação de reflorestação de um terreno baldio na União de Freguesias de Penalva de Alva e S. Sebastião da Feira, mais concretamente na localidade de Ponte das Três Entradas (estrada para os Merujais). Nesta manhã, 344 participantes, entre alunos, professores e auxiliares, das escolas de Lourosa, Oliveira do Hospital e Ponte das Três Entradas, vão plantar 1,3 hectares de terreno com medronheiro e pinheiro manso.

Já no dia seguinte, 20 de março, às 9h30 terá início a reflorestação de 1,1 hectares de terreno com sobreiros e carvalhos num baldio da Junta de Freguesia de Lagares da Beira (junto ao estradão de terra antes do cruzamento para Travancinha). Esta segunda ação contará com 283 participantes das escolas do 1.º CEB de Bobadela, Ervedal da Beira, Lagares da Beira, Lagos da Beira, Nogueira do Cravo, S. Paio de Gramaços e Vila Franca da Beira.

Nessa sexta-feira, ao início da tarde, pelas 14H00, também os alunos do 1.º ciclo de Travanca de Lagos irão plantar num terreno baldio da Junta de Freguesia, de mil metros, cerca de 70 árvores, entre medronheiro e pinheiro manso. De referir que metade das espécies autóctones que serão plantadas nestas ações foram oferecidas pelo projeto “Floresta Comum”.

A ação “Plantar Árvores, Fazer Florestas!” é promovida pelo Município de Oliveira do Hospital com a colaboração das Juntas de Freguesia envolvidas e tem a participação dos alunos do 1.º CEB do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital que, nos três locais, serão acompanhados pelos membros da Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios e pelo Gabinete Técnico Florestal da autarquia. À semelhança do que vem acontecendo, a ação insere-se nos objetivos da Agenda Local 21, estando inscrita na Plataforma AMO Portugal – Associação Mãos à Obra Portugal, e integra também o programa de atividades da Bandeira Azul.

O Município de Oliveira do Hospital, através dos seus pelouros do Ambiente e Qualidade de Vida; da Floresta e Desenvolvimento Rural e da Educação, tem dinamizado várias ações de promoção ambiental com o objetivo de valorizar o concelho de Oliveira do Hospital, privilegiando a plantação e sementeira de flora autóctone, e de sensibilizar os mais jovens para a educação ambiental. Um trabalho que tem vindo a ser implementado desde 2010 com várias ações de reflorestação, inseridas nos objetivos da Agenda 21 Local, e até ao momento já abrangeram cerca de 20 hectares, nomeadamente no Perímetro Florestal N. Sra. das Necessidades (Gramaça, Aldeias das Dez), no Vale da Madrana (Chamusca da Beira, Lagos da Beira), na Área Baldia das Rodas (Merujais, Penalva de Alva), na Quinta da Serrana (Ervedal da Beira), em Meruge, e nas áreas ardidas em Rio de Mel, S. Gião, Ervedal da Beira e em Avô. A estas acrescentam-se várias plantações simbólicas de espécies autóctones no Parque do Mandanelho, no Parque dos Marmelos e ruas da cidade.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.