Vila Nova de Oliveirinha renovou antigo quartel dos bombeiros

Folha do Centro - Vila Nova de Oliveirinha renovou antigo quartel dos bombeiros

Edifício emblemático da freguesia foi finalmente devolvido à população.

Esteve vários anos à espera de uma oportunidade para ser recuperado e foi finalmente inaugurado e devolvido à população de Vila Nova de Oliveirinha.

Depois de vários anos devoluto, o antigo quartel dos Bombeiros Voluntários sofreu uma requalificação profunda ganha a partir de agora uma nova “vida”, encontrando-se pronto a acolher diversas atividades culturais e recreativas. Uma inauguração que, como sublinhou o presidente da Comissão de Melhoramentos de Vila Nova de Oliveirinha, Alfredo Ferreira “é o corolário de um sonho desta direção” que com estas obras conseguiu “dotar a vila de um espaço dedicado à instrução, educação e à cultura”.

Apoiadas pelo Município de Tábua, as obras de requalificação do antigo quartel dos bombeiros foi considerada, de resto, “exemplar” pelo presidente, Mário Loureiro. O autarca tabuense entende que este “é um exemplo de boas práticas” em termos do movimento associativo do concelho, na medida em que se trata de uma recuperação “moderna” e de “qualidade” que orgulha não apenas as pessoas de Vila Nova de Oliveirinha, como os tabuenses em geral.

“Esta era uma obra necessária” e foi “reaproveitada de forma exemplar”, reforçou o edil, na cerimónia de inauguração, não tendo dúvidas que a Comissão de Melhoramentos soube rodear-se dos parceiros certos para a sua concretização. “Conseguiram manter a qualidade do património da freguesia, como é este edifício de referência de Vila Nova de Oliveirinha” de “onde partiram muitos para salvar o próximo”, realçou o presidente da Câmara que há vários reconhecia a “preocupação” da direção da Comissão de Melhoramentos com a degradação deste imóvel. “Por ter sido a sede do quartel dos bombeiros, que é uma instituição de referência também não gostava de ver este edifício abandonado” referiu o autarca que é simultaneamente presidente da Associação Humanitária dos Voluntários de Tábua, para quem a Comissão de Melhoramentos merece o apoio da autarquia pelo trabalho que tem desenvolvido em prol das pessoas. Mas foi deixando o aviso: “as associações que não tiverem essa atividade terão de alterar o seu rumo”, ou deixarão de contar com o apoio do Município, fez questão de clarificar.

Um investimento, todavia, só possível graças ao financiamento da ADIBER que, segundo o seu presidente, Miguel Ventura, há muito reconhecia a necessidade de apoiar a recuperação deste imóvel emblemático da freguesia. “Esta de facto não era a melhor imagem que Vila Nova de Oliveirinha podia oferecer a quem por passava por este edifício que durante anos foi a expressão máxima da solidariedade nesta terra”, afirmou o presidente da Associação de Desenvolvimento da Beira Serra que, enquanto responsável pela gestão de fundos comunitários na região, não deixa de se congratular por “poder ajudar a concretizar os sonhos das populações” e de contribuir para “ajudar a resolver os seus problemas”.

“A Comissão de Melhoramentos de Vila Nova de Oliveirinha sem dúvida que está no pelotão da frente dos promotores de desenvolvimento da região”, assegurou Miguel Ventura, reconhecendo igualmente o empenho que a Câmara de Tábua colocou neste projeto.

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.