“Voluntários contra a Solidão” arranca em Oliveira do Hospital

Folha do Centro - “Voluntários contra a Solidão” arranca em Oliveira do Hospital

Santa Casa da Misericórdia de Galizes quer combater problemas de isolamento da população mais idosa.

A Santa Casa da Misericórdia de Galizes prepara-se para arrancar em 2014 com um projeto inovador no apoio à terceira idade, que tem como objetivo ajudar a combater o isolamento e a solidão que afetam sobretudo a população mais idosa do concelho.

O projeto “Voluntários Contra a Solidão” foi apresentado publicamente naquela que foi a primeira Gala organizada pela instituição visando homenagear a personalidade do antigo provedor e figura notável do concelho, já falecido, Dr. António Vaz Patto, enquanto impulsionador da Santa Casa e “homem de causas” que “dignificou e humanizou a profissão”.
Depois de terem avançado em 2012 com o projeto “Criança Solidária”, que se traduz na recolha de brinquedos pela época de Natal para distribuir por crianças carenciadas, Bruno Miranda, o atual provedor da Santa Casa de Galizes considera a iniciativa “Voluntários contra Solidão” igualmente enriquecedora para a instituição, na medida em que “verificamos que temos muitos idosos sozinhos nas suas próprias casas, sem condições, na sua maioria, para irem para um lar”. Por outro lado,“aquilo que se passou em 2011 em todo o país foi a morte de muitos idosos que viviam sozinhos”, pelo que “a nossa principal motivação para este projeto prende-se com o facto de continuarmos a verificar que há muitos idosos em casa sem qualquer apoio familiar, porque a família se encontra longe”, refere Bruno Miranda, lançando assim o desafio a um conjunto de voluntários “por esse concelho fora” no sentido de se disponibilizarem a participar no projeto fazendo uma visita uma vez por semana a determinado idoso e avaliar as condições em que muitos deles se encontram. A ideia “é comunicarem depois às IPSS’s eventuais situações de carência detetadas”, explicou ainda o provedor, lembrando que este é um trabalho para ser feito em parceria com a rede social concelhia.
Também o vice presidente da Câmara e vereador da ação social, José Francisco Rolo, aplaudiu o projeto apresentado pela Santa Casa da Misericórdia, julgando que esta é uma iniciativa que vai de encontro aquilo que sãoas prioridades do atual executivo camarário que diz que “as pessoas são a sua principal preocupação na tomada de decisões politicas”. “Em 2010 lançámos o banco local de voluntariado que queremos pôr à disposição da Santa Casa de Galizes para que possa ser um importante elo de ligação com este projeto”, adiantou, aproveitando para dar os parabéns à instituição pela homenagem à figura do Dr. Vaz Patto que dá a partir de agora o nome à Gala anual que a Misericórdia pretende organizar. (leia mais na edição impressa)

 

Acerca do Autor:

. Siga nas redes sociais Twitter / Facebook.